Masturbação mata 100 pessoas todo ano na Alemanha, aponta estudo

Masturbação mata 100 pessoas todo ano na Alemanha, aponta estudo

Cerca de 100 pessoas morrem todos os anos, na Alemanha, em decorrência de masturbação, de acordo com pesquisa elaborada por um legista germânico. Segundo Harald Voss, a principal causa é a falta de oxigenação no cérebro, resultante de uma prática conhecida como asfixia erótica. Esse ato consiste em prender a respiração para elevar a intensidade do orgasmo.

Para isso, as pessoas podem, por exemplo, utilizar uma sacola plástica na cabeça ou uma corda em volta do pescoço durante a masturbação. Porém, a prática pode, acidentalmente, acabar em tragédia.

O pesquisador acredita na chance de o número de vítimas desse hábito ser ainda maior. Isso porque, segundo relato dele ao portal The Local, diversos parentes dos mortos escondem as verdadeiras causas dos óbitos, por causa de vergonha.

A pesquisa aponta ainda que as idades das vítimas variam de 13 a 79 anos, em ambos os sexos. Apesar disso, os homens representam a maior parcela de mortos. Para Voss, isso indica maior cautela das mulheres durante a asfixia erótica.

Vítimas famosas
O ator americano David Carradine morreu em 2009, aos 72 anos, em decorrência de asfixia autoerótica, em um quarto de hotel em Bangcoc, na Tailândia.

Além dele, o músico Michael Hutchence, vocalista da banda australiana INXS, teria perdido a vida da mesma maneira. O corpo nu do roqueiro foi encontrado com um cinto enrolado no pescoço. Hutchence morreu em um quarto de hotel em Sydney, Austrália, em 1997.

Compartilhe
Previous Rui exalta a identidade da cultura negra na saída do Ilê, no Curuzu
Next Zeca Pagodinho se irrita com insistência de João Doria para tirar foto

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Aposta de Curitiba leva prêmio de R$ 104 milhões da Mega-Sena

A Caixa Econômica Federal realizou ontem à noite na cidade de Vinhedo (SP), o sorteio do concurso n° 2.015 da Mega-Sena. O prêmio estimado em R$ 104 milhões saiu para

Notícias

Após Lava-Jato, Receita endurece regras de Imposto de Renda para contribuintes

Depois de ter recebido críticas por não ter conseguido detectar as transações financeiras fraudulentas investigadas pela Operação Lava-Jato, a Receita Federal decidiu endurecer as regras para negociação em dinheiro. Em

Política

Sob risco de receber nova denúncia contra Temer, CCJ elege presidente

O deputado Daniel Vilela (MDB-GO) foi eleito presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara nesta terça-feira (3/4). Se o presidente Michel Temer for alvo de uma terceira