Trânsito e PM fazem blitz educativa no Carnaval de Lauro de Freitas

Trânsito e PM fazem blitz educativa no Carnaval de Lauro de Freitas

Brincar o Carnaval com responsabilidade e respeito à vida foi o apelo feito nesta sexta-feira (9) pela equipe da Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública –SETTOP de Lauro de Freitas aos motoristas abordados nas blitze educativas realizadas durante todo o dia, com apoio de policiais da 52ª CIPM.

Na primeira blitz, na Estrada do Coco, no trecho de Portão, a ação na pista surpreendeu muitos motoristas que seguiam sentido litoral e acabaram flagrados pelo etilômetro. “Mesmo com teor baixo de álcool apontado no aparelho, eles foram orientados a dar a direção do veículo para outra pessoa”, explica a diretora de Educação para o Trânsito da SETTOP, Helena Souza Santos.

À tarde, as ações de prevenção se concentraram no circuito do Carnaval, no Centro da Cidade, com barreiras e abordagens no trânsito e em bares. A distribuição de panfletos aos que estavam bebendo era acompanhada de informações sobre os riscos de dirigir sob o efeito de álcool e outras drogas, ou usando o celular.

As blitze têm caráter educativo, mas vale o alerta: a lei em vigor prevê apreensão do veículo e da habilitação e multa; se houver acidente, pena de prisão de seis meses a dois anos. A partir de abril, nova lei prevê penas mais rigorosas para quem dirigir embriagado. As blitze vão continuar durante todo o Carnaval.

Compartilhe
Previous Orquestras ocupam espaço no Carnaval de Salvador
Next Senado gastará R$ 36 milhões com viagens, aluguel de carro e segurança

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Camaçari: Vereadores defendem volta da ronda escolar e campanhas de educação no trânsito

A área de segurança é fundamental para o bom funcionamento de uma cidade e tem sido pauta de diversas discussões em todo o estado. Em Camaçari, os vereadores seguem comprometidos

Política

Cármen Lúcia prorroga investigação contra Dirceu, Renan e Jucá

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, prorrogou pelo prazo de 30 dias as investigações contra o ex-ministro José Dirceu, os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Renan

Notícias

Ensino básico tem 73,5% dos alunos em escolas públicas, diz IBGE

No Brasil, 56,5 milhões de pessoas frequentavam escola ou creche no ano passado. Do total de estudantes, 73,5% frequentavam escola pública, enquanto 26,5%, a rede privada. Enquanto na educação básica