Orquestras ocupam espaço no Carnaval de Salvador

Orquestras ocupam espaço no Carnaval de Salvador

Uma mistura de música clássica com axé, ijexá, marchinhas e pagode encantou o Carnaval familiar do Pelourinho nesta sexta-feira (9), no Palco Multicultural, montado no Terreiro de Jesus. Segunda atração da noite, o maestro Sérgio Benutti comandou uma orquestra composta por 20 músicos e apresentou canções como “Colombina”, “Bloco do prazer” e de cantores e bandas baianas, como Ivete Sangalo, Daniela Mércury e Olodum.

“É uma proposta diferente no Carnaval, mas dá continuidade a algo que nós fazíamos muito aqui no Pelourinho, que eram as noites dançantes, com repertório tradicional e de marchinhas antigas. Proporcionar uma variação entre o clássico e o popular é algo que a gente sempre faz com a orquestra, mostrando no Pelô uma atração tradicional, mas ao mesmo tempo diversificada”, disse o maestro Sérgio Benutti.

Antes dele, o público se admirou com a apresentação da Sanbone, que passeia entre o concerto e o pagode. A apresentação inovadora surpreendeu o artista plástico Beto Carvalho, de 62 anos, que assistiu a tudo boquiaberto, ao lado da esposa e dos filhos. “Essa mistura de pagode com arranjo instrumental é sensacional, algo novo para a gente”, opinou.

A admiração do público deixou feliz o maestro Hugo San. “É muito bom poder contribuir com essa abertura de leque, mostrando novas propostas e oportunidades. Além de a gente se divertir, contribuímos com a divulgação da nossa música e cultura para um grande público dentro do carnaval”, contou.

O repertório contou com canções como “Amar, amar” e “Frevo mulher”, além de trabalhos autorais utilizando a música de concerto com o jazz e o pagode. “A gente passeia com as diversas possibilidades que os instrumentos nos permitem”, acrescentou Hugo San.

Para a vendedora Beatriz Alves, 43, presente no evento, essa foi a melhor iniciativa que a Prefeitura poderia ter tomado: “É um espaço maravilhoso para as crianças, terceira idade e para o público em geral, que prefere um Carnaval mais moderado, mais tranquilo. Todos os anos eu estou aqui”.

A sexta orquestrada segue até as 22h de hoje com a apresentação de mais três maestros: Zeca Freitas, Paulo Primo e Fred Dantas. Amanhã, o som alternativo de Roça Sound, Os My Friends, Dionorina e Mosiah toma conta do Palco Multicultural, a partir das 19h e até as 23h.

Compartilhe
Previous Márcio Victor faz homenagem a Ivete Sangalo no Carnaval de Salvador
Next Trânsito e PM fazem blitz educativa no Carnaval de Lauro de Freitas

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Ciro Gomes critica lucros excessivos do sistema financeiro no País

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) criticou nesta quinta-feira, 15, os lucros excessivos do sistema financeiro no País. Durante um debate com empresários na Associação Comercial do

Cotidiano

Maratona Cidade de Salvador espera dobrar número de participantes neste ano

Considerada como um dos maiores eventos esportivos da capital baiana, senão o maior, a Maratona Cidade de Salvador 2018 pretende receber 7 mil participantes, o dobro do número de inscritos

Política

Álvaro Dias lança pré-candidatura à Presidência da República em BH

O senador Álvaro Dias (Pode-PR) lançou oficialmente, nesta sexta-feira (23/3) a sua pré-candidatura à Presidência da República, em Belo Horizonte (MG). O evento ocorreu durante a posse da Executiva estadual