Copom decide hoje se reduz taxa básica de juros ao menor nível da história

Copom decide hoje se reduz taxa básica de juros ao menor nível da história

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decide hoje (7), em Brasília, se deve baixar a taxa básica de juros de 7% para 6,75% ao ano, conforme expectativa do mercado financeiro. A decisão do Copom, na primeira reunião deste ano, será divulgada no começo da noite. Se a expectativa se confirmar, será o 11º corte seguido na taxa básica.

De outubro de 2012 a abril de 2013, a taxa foi mantida em 7,25% ao ano, até então o menor nível da história, e passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% ao ano em julho de 2015, patamar mantido nos meses seguintes. Somente em outubro de 2016, o Copom voltou a reduzir os juros básicos da economia, chegando a 7% ao ano em dezembro de 2017.

A Taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos publicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais de juros da economia.

Ao reajustar a Selic para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque juros altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Ao reduzir os juros básicos, a tendência do Copom é baratear o crédito e incentivar a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação.

Compartilhe
Previous Carnaval de Temer no Rio de Janeiro deve custar R$120 mil só com passagens; comitiva terá 65 pessoas, diz jornal
Next Ministro do Planejamento exagera sobre balança comercial do Brasil

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Bahia recebe II edição do ” Fórum Turismo Digital”

O jornalista e publicitário Gabriel Carvalho será um dos palestrantes do II Fórum Turismo Digital, que será realizado no próximo sábado (23/09), às 18h, no La Torre Resort , em

Notícias

Temer passará virada do ano no Palácio do Jaburu com a família

Após desistir de ir ao Rio de Janeiro, o presidente Michel Temer passará a virada do ano ao lado da mulher, Marcela, e do filho, Michelzinho, no Palácio do Jaburu,

Política

Justiça mantém prisão de Geddel sob suspeita de atrapalhar investigação

O juiz da 10ª Vara Federal em Brasília, Vallisney Oliveira, decidiu nesta quinta (6) manter a prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso preventivamente desde segunda-feira (3) por suspeita de