Camaçari vai ganhar espaço para crianças e adolescentes

Camaçari vai ganhar espaço para crianças e adolescentes

Através da Secretaria do Desenvolvimento Social, o prefeito Elinaldo Araújo, preocupado com a situação de vulnerabilidade que se encontram crianças e adolescentes do município, fechou uma parceria com a instituição Aldeias Infantis SOS Brasil, na sexta-feira (02/02). O objetivo é acolher através da modalidade casa lar.

“É um direito das crianças e adolescentes serem bem tratados, se isso não acontece o poder público tem que assumir a responsabilidade, e essa parceria vai promover o bem estar deles”, pontuou o prefeito Elinaldo.

Inicialmente serão 10 beneficiados sob medida protetiva, onde os pais tiveram o cuidado parental suspenso temporariamente. “O bom seria se os casos não acontecessem, mas o município não se furtou de buscar uma alternativa. O local já foi escolhido, será Jauá e vamos trabalhar para futuramente instalar mais uma casa na sede, ampliando o serviço”, destacou a secretária da pasta, Janete Ferreira.

O convênio, no valor de cerca de R$ 599 mil reais, firmado inicialmente por um ano e que será iniciado já no mês de março, vai cobrir uma equipe técnica com assistente social, coordenador, 3 mães sociais, um auxiliar administrativo e uma assistente casa lar, além do aluguel do imóvel e alimentação. “O serviço de acolhimento é uma política pública e quando ele se soma a uma instituição, com experiência de mais de 50 anos, ele agrega além de qualidade na oferta, garantia dos direitos de crianças e adolescentes”, disse o gestor do Aldeias Infantis SOS Brasil, na Bahia, Luiz Mendonça.

Antes, as vitimas eram encaminhadas para a capital por falta desse serviço no município, agora além do Conselho Tutelar, dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Especializado de Assistência Social (CRAS), Camaçari vai contar com um local especifico para esse tipo de atendimento. Com essa parceria, o prefeito Elinaldo Araújo passa a concorrer ao titulo de Prefeito Amigo da Criança, promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Aldeias Infantis SOS Brasil

Uma Organização que existe desde 1949, sem fins lucrativos e que promove o desenvolvimento social em defesa da garantia dos direitos de crianças, adolescentes e jovens.O trabalho conta com o apoio financeiro de pessoas físicas, empresas e o poder público
A obra surgiu na Áustria, com o objetivo inicial de acolher crianças órfãs, vítimas da II Guerra Mundial. No Brasil, os serviços são desenvolvidos em 24 programas presentes em 12 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Compartilhe
Previous Câmara Matense reabre trabalhos com sessão nesta terça
Next Gastos com saúde e educação caem 3,1% em 2017

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

MEC divulga dados parciais do Censo Escolar da Educação Básica 2017

Os resultados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica deste ano foram divulgados hoje (8) pelo Diário Oficial da União, que publicou a portaria 1.069 do Ministério da Educação (MEC),

Notícias

Rui visita Itacaré e Ubatã e autoriza construção de Centros de Canoagem e novos convênios

Em viagem a Itacaré, no sul da Bahia, o governador Rui Costa autoriza, neste sábado (23), às 9h, a construção do Centro de Treinamento para Canoagem, investimento de R$ 1

Política

Lula, Temer e Bolsonaro são os políticos mais pesquisados no Google em 2017

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente Michel Temer (MDB) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foram os políticos mais pesquisados pelos brasileiros no Google em 2017.