Julgamento de Lula terá transmissão por Youtube

Julgamento de Lula terá transmissão por Youtube

O julgamento de recurso do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva contra a condenação na Operação Lava-Jato envolvendo o triplex no Guarujá no próximo dia 24 será transmitido por Youtube.

Inicialmente, apenas jornalistas, na sala de imprensa, e os envolvidos na sessão – advogados, desembargadores e Ministério Público – assistiriam a uma transmissão interna no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Lula foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no valor de R$ 2,2 milhões a 9 anos e 6 meses de prisão.

Segundo a denúncia, os valores são correspondentes ao triplex e suas respectivas reformas no condomínio Solaris, no Guarujá, custeadas pela OAS.

Lula nega que tenha aceitado o imóvel da empreiteira e apela por sua absolvição.

Em comunicado na última semana, o Tribunal da Lava-Jato havia comunicado que, como as sessões de julgamento das turmas criminais do TRF-4 não são transmitidas ao vivo no portal do tribunal pelo sistema Tela TRF-4, como as das demais turmas, seriam disponibilizadas imagens de trechos do julgamento para o mailling cadastrado.

Compartilhe
Previous Coronel quer 9% do PIB do país para o SUS e pede debate nacional sobre o sistema
Next FAB divulga na segunda-feira relatório sobre acidente que matou Teori Zavascki

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Presidente do Senado recebe alta e vai para casa

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu alta do hospital e irá para casa ainda nesta sexta-feira, 28. Pela manhã, o peemedebista já havia deixado a Unidade de Tratamento

Notícias

Gilmar Mendes afirma que acordo é ‘a maior tragédia na PGR’

O procedimento interno da Procuradoria-Geral da República (PGR) para analisar a revisão do acordo de colaboração do Grupo J&F provocou reação entre membros do Judiciário. O ministro Gilmar Mendes, do

Política

Governo comemora aprovação do cadastro positivo na Câmara

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, comemorou nesta quarta-feira (9) a aprovação do cadastro positivo na Câmara. Os deputados aprovaram, na noite de hoje (9), o texto-base do