Homem é morto a facadas por causa de suposto beijo em um travesti em Feira de Santana

Homem é morto a facadas por causa de suposto beijo em um travesti em Feira de Santana

Um homem foi morto com golpes de faca após uma brincadeira envolvendo um travesti. O caso aconteceu nesta segunda-feira (15), no interior de um bar, em Feira de Santana. Segundo informações da polícia, o auxiliar de serviços gerais Wellington de Oliveira Pires, de 28 anos, em estava bebendo no estabelecimento comercial quando começou a discutir com Ivo Barcelar dos Santos, por causa de um suposto beijo em um travesti da região. Segundo informações da polícia, Ivo teria insinuado que a vítima havia beijado uma travesti. Com isso, Wellington o agrediu com um soco no rosto. Revoltado, Ivo foi até em casa, pegou uma peixeira e retornou ao bar e continuou a beber. Conforme o depoimento do Ivo para a polícia, ele esperou o bar ficar vazio para agredir a vítima com golpes de faca. Wellington foi atingido por três facadas e morreu no local. O corpo dele foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. Já o Ivo foi permanece preso na Delegacia de Homicídios de Feira.

Compartilhe
Previous Mata de São João: Padroeiro de Sauípe receberá homenagem no dia 20
Next OAB emite nota de repúdio após cenas de sexo em delegacia de Camaçari

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Lava Jato: em um ano, ministro Fachin recebeu 147 inquéritos no STF

Sorteado para assumir a relatoria dos processos da Lava Jato em fevereiro de 2017, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), recebeu desde então 147 inquéritos oriundos da operação,

Política

Haddad vai visitar Lula em Curitiba nesta quarta-feira

O candidato derrotado do PT à Presidência, Fernando Haddad, vai se encontrar nesta quarta-feira, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Curitiba, onde Lula cumpre pena por corrupção

Política

Alexandre Aleluia aponta inconstitucionalidade em projeto que regula Airbnb

O líder do DEM na Câmara Municipal de Salvador, vereador Alexandre Aleluia, apresentou parecer contrário ao projeto de lei 142/2018 que regula e cria taxas para o aplicativo Airbnb. Além