PSOL e PSB pedem a cassação de deputados

PSOL e PSB pedem a cassação de deputados

O PSOL e o PSB afirmaram nesta quarta-feira, 20, que vão entrar com representação no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro parlamentar contra o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), que se entregou à Polícia Federal nesta quarta, e Celso Jacob (PMDB-RJ), que também cumpre pena em regime fechado. No entanto, as ações só devem ser apresentadas em fevereiro, depois do recesso, que começa oficialmente nesta sexta-feira, 22.

Deputados desses partidos dizem que devem protocolar os pedidos de cassação caso a Mesa Diretora da Câmara não der encaminhamento à perda de mandato, como determinou o Supremo Tribunal Federal (STF), no caso de Maluf.

“Se a Mesa Diretora não tomar as providências, em fevereiro, caso haja a tradicional inércia e omissão corporativa, aí a gente vai pedir”, disse o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ).

O regimento interno da Câmara prevê que, em casos de condenação criminal com sentença sem direito a recurso, como é o caso de Maluf, a representação para decretação de perda do mandato deve ser conduzida pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o que em tese pode ocorrer mais rapidamente, dependendo da vontade do colegiado.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a Mesa Diretora ainda vai analisar quais benefícios devem ser retirados de Maluf. “Assim que a Mesa for comunicada (da prisão), vamos tomar a decisão sobre o que cabe ou não manter (de benefícios) ao deputado Paulo Maluf”, afirmou.

Além do salário, os deputados federais têm direito a uma série de benefícios, como cota parlamentar, apartamento funcional e automóvel oficial. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Compartilhe
Previous Temer sanciona leis que liberam recursos orçamentários
Next Navio com 251 pessoas a bordo naufraga nas Filipinas

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Municípios

Hospital Geral de Itaparica será reestruturado a partir de fevereiro

O Hospital Geral de Itaparica (HGI), passará por mudanças radicais no mês de fevereiro. Além de contar com equipamentos novos, alterações nas instalações físicas e sala de estabilização com estrutura

Municípios

Feira de Santana: vereadora do PSDB apresenta projeto que reduz recesso parlamentar

A vereadora Eremita Mota (PSDB) é autora de um projeto para alteração à Lei Orgânica do Município que visa reduzir o recesso parlamentar na Câmara de Feira de Santana. Atualmente,

Política 0 comentários

Marco Aurélio critica prisões provisórias e diz que Cunha ‘já foi crucificado’

“Não tivesse Eduardo Cunha perdido a prerrogativa de ser julgado pelo Supremo ele estaria preso?”, questionou o ministro Marco Aurélio, destacando que o peemedebista está sob custódia há três meses