Uefs abre inscrições para sorteio de vagas no Centro de Educação Básica

A partir do dia 11 de dezembro (segunda-feira) estão abertas as inscrições para participação do sorteio público para admissão de novos alunos no Centro de Educação Básica (CEB) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).  Ao todo, são disponibilizadas 136 (cento e trinta e seis) vagas sendo: 10 para o Grupo 04, 08 para o Grupo 05, 06 para o 1º ano, 10 para 2º ano, 02 para o 3º ano, 40 para o 6º ano, 40 para o 7º ano e 20 para o 8º ano.
Os interessados no 4º e no 5º ano serão inscritos no Cadastro de Reserva, e para o 9º ano não haverá seleção. Caso seja possível a ampliação de vagas após a conclusão do ano letivo 2017, as vagas em questão serão incluídas a partir da segunda chamada.
As inscrições poderão ser feitas no Site da Coordenação de Seleção e Admissão da Uefs, a partir das 12 horas do dia 11 de dezembro até as 17h do dia 17 de dezembro de 2017. O sorteio ocorrerá no dia 19 de dezembro, às 14 horas, no Auditório do prédio do Programa de Pós-Graduação em Educação e Letras, que funciona ao lado da Creche, no campus da Uefs.
Compartilhe
Previous Conflito entre sócios e crise na BRF foram superados, diz Abilio Diniz
Next Belo Campo: Identificada mulher que morreu eletrocutada ao tocar em varal de roupas

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Ministério da Ciência e Tecnologia cobra R$ 20 milhões de Aécio

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações cobra R$ 20,3 milhões do senador Aécio Neves (PSDB) e de três secretários por supostas irregularidades em convênio entre o governo federal

Notícias

Aprovado projeto que acelera progressão de pena para mães e gestantes

O Senado aprovou, nesta terça-feira (8), projeto que permite progressão mais rápida da pena para gestantes presas e mães de crianças com deficiência. Aprovado de maneira simbólica pelos senadores, o

Notícias

Maia:”Proibição de aborto em caso de estupro não vai passar na Câmara”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), postou declaração em seu Facebook afirmando que a proibição do aborto em casos de estupro não vai passar na Casa. Na