Salvador terá IPTU Amarelo dentro do programa Salvador 360

Salvador terá IPTU Amarelo dentro do programa Salvador 360

Durante apresentação do programa Salvador 360, realizada hoje (06) na sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), na Avenida Paulista, o prefeito ACM Neto anunciou a implantação do IPTU Amarelo, que vai estimular o uso da energia solar na primeira capital do Brasil. O IPTU Amarelo vai integrar o eixo Cidade Sustentável do programa.

“A questão da sustentabilidade e da resiliência não poderiam ficar de fora do Salvador 360. Por isso, estamos estimulando ações como a criação de 10 novos parques públicos na cidade, plantação de árvores e hortas em locais antes abandonados e entregues à sujeira e ao abandono. E nós, que já temos o IPTU Verde, oferecendo 10% de desconto do imposto para empreendimentos que adotem ações sustentáveis em seus empreendimentos, vamos oferecer o mesmo desconto para quem utilizar energia solar”, contou o prefeito.

A previsão é que o decreto instituindo o IPTU Amarelo, com todas as regras, seja publicado no Diário Oficial do Município até o final de janeiro pela Secretaria Municipal de Cidade Sustentável e Inovação.

Compartilhe
Previous Tiririca renuncia ao mandato de deputado federal: “Saio totalmente com vergonha”
Next Carolino destaca importância do Viaduto Mestre Didi em Salvador

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Bolsonaro exonera Marcelo Álvaro, ministro do Turismo

O presidente Jair Bolsonaro exonerou Marcelo Henrique Teixeira Dias, mais conhecido como Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), do cargo de ministro do Turismo. O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira

Política

Juiz proíbe protesto durante palestras de Moro e Barroso em Salvador

O juiz Carlos Cerqueira Júnior, da 6ª Vara Cível e Comercial do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), proibiu em caráter liminar a realização de uma manifestação em defesa do

Notícias

Mercado prevê inflação de 3,06% e nova queda da Selic esta semana

O mercado financeiro aumentou a projeção de inflação pela terceira vez seguida. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desta vez, passou de 3% para