Comissão da Mulher realiza audiência pública em Vera Cruz

Comissão da Mulher realiza audiência pública em Vera Cruz

A Câmara de Vereadores de Vera Cruz vai sediar a audiência pública “Os Direitos da Mulher na Ilha de Itaparica”, promovida pela Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta quarta-feira (06/12), às 9h. A atividade é mais uma ação da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, abraçada pelas parlamentares baianas.

“No Brasil, a cada 7 segundos, uma mulher é vítima de violência física. É uma realidade assustadora. Temos avançado nos últimos anos, conquistado nossos direitos, mas que corremos risco de retroceder com esse atual governo golpista, que não nos representa. Por isso, precisamos unir forças para combater este cenário”, afirmou a deputada Luiza Maia (PT), presidente do colegiado.

A audiência foi proposta pela deputada Fabíola Mansur (PSB), aprovada no mês passado na Comissão, e contará com a presença de lideranças políticas e sociais da ilha. O grupo de poesia Negritude Nós fará uma intervenção cultural no evento. A campanha 16 Dias de Ativismo é uma mobilização internacional, realizada anualmente entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro.

Foram convidas para a composição da mesa na audiência pública a Defensoria Pública, Ronda Maria da Penha – Maj Denice Santiago, prefeita de Itaparica – Marlylda Barbuda, Advogada Feminista Laina Crisóstomo (Presidente da ONG Tamo Juntas – presta assessoria multidisciplinar para mulheres em situação de violência), Deam, Secretaria de Mulheres do Estado – Julieta Palmeira, além das deputadas Fabíola Mansur (PSB), Maria Del Carmen (PT) e Mirela Macedo (Vice-presidente da Comissão dos Direitos da Mulher).

Compartilhe
Previous Salvador: Câmara aprova correção ao nome da Avenida Paralela
Next Projeto aprovado pelo Senado propõe que PF investigue milícias

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Reforma trabalhista: saiba o que muda com a nova lei

Sancionada na tarde de hoje pelo presidente Michel Temer, a reforma trabalhista passa a valer dentro de quatro meses, conforme previsto na legislação. O projeto, aprovado pelo Senado em uma

Política

Partidos terão mais 90 dias para fazer prestação de contas de 2017

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu mais 90 dias para os partidos apresentarem, complementarem ou corrigirem as prestações de conta referentes ao ano de 2017. A decisão foi tomada pelos

Notícias

João Roma defende diálogo do governo Bolsonaro com o Congresso e mais estudos para fusão de ministérios

  O deputado federal eleito João Roma (PRB), em conversa com o deputado federal reeleito e futuro ministro da Casa Civil do governo Jair Bolsonaro, Onyx Lorenzoni (DEM/RS), defendeu o