Rebeldes anunciam morte de ex-presidente do Iêmen

Rebeldes anunciam morte de ex-presidente do Iêmen

O Ministério do Interior do Iêmen, controlado pelos rebeldes houthis, anunciou nesta segunda-feira (04/12) a morte do ex-presidente Ali Abdullah Saleh, até poucos dias atrás um aliado dos rebeldes e a quem a nota oficial se refere como “o líder da traição”.

Em entrevista à emissora Al Masirah, funcionários do ministério disseram que Saleh morreu em meio aos enfrentamentos com combatentes houthis na capital, Sanaa. Também um representante do governo internacionalmente reconhecido do Iêmen confirmou a morte de Saleh, em declarações à agência de notícias AP.

Membros do partido de Saleh também confirmaram a morte do ex-presidente, em declarações à emissora árabe Al Arabiya. Imagens na internet supostamente mostram o corpo do presidente, mas não há confirmação oficial.

No sábado foi rompida a aliança entre os houthis e as forças leais a Saleh, que lutavam juntos contra o presidente Abd Rabbuh Mansur al-Hadi, depois de Saleh se declarar disposto a abrir “uma nova página” com a coalizão liderara pela Arábia Saudita e que apoia Hadi, desde que esta parasse de atacar o Iêmen e encerrasse seu embargo. A coalizão e o governo de Hadi saudaram o anúncio, mas os houthis acusaram Saleh de traição.

Saleh, de 75 anos, governou o país por mais de três décadas e conduziu diversas guerras contra os houthis. Ele foi forçado a renunciar em 2012, em consequência da Primavera Árabe, e formou uma surpreendente aliança com o grupo rebelde xiita depois que este tomou Sanaa, no fim de 2014.

Compartilhe
Previous Tribunal nega habeas corpus ao presidente do PR
Next Aleluia: Otto precisa cobrar de Rui política eficiente de segurança

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Feira de Santana: Casal é preso com 40 kg de cocaína; droga está avaliada em R$ 500 mil

Gilson de Jesus dos Santos, de 35 anos, e Lua Mar Albuquerque de Aguiar Silva, 23, foram presos na tarde desta terça-feira, 17, com 40 kg de cocaína na cidade

Municípios

Celular do prefeito de Barra do Rocha é clonado e Whatsapp é usado para pedir transferência de dinheiro

O prefeito de Barra do Rocha, Luís Sérgio (PSB), popular professor Léo, teve seu telefone clonado. O crime foi descoberto nesta quarta-feira (04/07), conforme informações da ASCOM da prefeitura. A

Política

Neto e João Dória assinam protocolo para modernização da gestão nesta segunda (7)

Os prefeitos de Salvador, ACM Neto, e de São Paulo, João Dória Júnior, assinam nesta segunda-feira (07), às 18h30, no Palácio Thomé de Souza, protocolo de intenção com o objetivo