Caixa paga na sexta-feira abono do PIS para trabalhador nascido em novembro

Caixa paga na sexta-feira abono do PIS para trabalhador nascido em novembro

A Caixa Econômica Federal começa a pagar – a partir da próxima sexta-feira (17) – o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) calendário 2017/2018, ano-base 2016, para os trabalhadores nascidos em novembro. Os valores variam de R$ 79 a R$ 937.

O abono estará disponível para os inscritos há pelo menos cinco anos no PIS e que tenham trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

No total, os recursos liberados chegam a mais de R$ 1,2 bilhão para 1.778.726 pessoas. Para obter informações sobre o valor a receber, o trabalhador pode acessar o site www.caixa.gov.br/PIS ou ligar para o telefone: 0800 726 0207. Quem tem conta na Caixa receberá o benefício automaticamente a partir de hoje (14).

O trabalhador com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento do banco. Quem não tem o cartão e não tenha recebido automaticamente em conta, o abono pode ser retirado em qualquer agência da Caixa, basta apresentar o documento de identificação.

Compartilhe
Previous Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS
Next Ataques no Afeganistão deixam 22 policiais e 45 talibãs mortos

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

TRF-4 rejeita recurso de José Dirceu contra condenação em 2ª instância

Fora da cadeia por decisão do Supremo Tribunal Federal, que revogou sua prisão preventiva, o ex-ministro José Dirceu teve negado, nesta quinta-feira (19/4), mais um recurso pelo Tribunal Regional Federal da

Política 0 comentários

Justiça deve permanecer com equipamentos antigrampos do Senado, diz Janot

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, considerou não haver justificativa para que a Justiça conceda a devolução imediata de uma série de equipamentos de contrainteligência e documentos apreendidos pela Polícia

Política

Maia reitera crítica ao Bolsa Família e diz que programa precisa ‘ir além’

Após ter sofrido críticas por declarar que o Bolsa Família “escraviza” seus beneficiários, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), usou sua conta oficial no Facebook para esclarecer tal entendimento