Pindobaçu: Roberto Carlos quer devolução de zona eleitoral e recadastramento biométrico

Pindobaçu: Roberto Carlos quer devolução de zona eleitoral e recadastramento biométrico

Atendendo à pedidos dos vereadores e da população da cidade de Pindobaçu, no norte baiano, o deputado estadual Roberto Carlos (PDT), encaminhou ao Tribunal Regional Eleitoral um ofício com duas reinvindicações.

Para o deputado Roberto Carlos, há um equívoco do TRE ao retirar de Pindobaçu a zona eleitoral e incorporar no município de Saúde. “A população se sente prejudicada com a medida e nós estamos lutando para reverter essa decisão”, afirmou o deputado Roberto Carlos.

Além de devolver a 18 zona eleitoral à Pidonbaçu, o deputado também aproveitou o ofício para solicitar ao presidente do TRE, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, que encaminhe uma unidade móvel de recadastramento biométrico à sede do município, podendo ir aos três distritos e oito povoados, para atender a população.

“Apenas 5% dos moradores de Pindobaçu fizeram o recadastramento, já que a maioria não tem condições de se deslocar até Saúde. Além da biometria, os jovens que alcançaram os 16 anos já poderão tirar o título eleitoral nessa unidade móvel”, afirma o deputado Roberto Carlos.

Compartilhe
Previous Jovem é assassinado a tiros em Prado
Next Dupla francesa é a primeira de regata transatlântica a chegar a Salvador

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Deputada destaca ação das Voluntárias Sociais em ajudar a Instituição Beneficente Conceição Macedo; assista

Presente nesta segunda-feira(16), na entrega da nova sede da Instituição Beneficente Conceição Macedo, localizada no bairro de Nazaré, em Salvador,  a deputada estadual Fabíola Mansur(PSB), destacou a ação das Voluntárias

Política

Rui curte trios sem cordas no Campo Grande

Na abertura oficial da folia baiana, nesta quinta-feira (8), o governador Rui Costa curtiu a passagem da banda Harmonia do Samba e de Leo Santana, acompanhado da Primeira-dama do estado,

Notícias

Temer pede a aliados “mapa das traições” na votação da denúncia

O presidente Michel Temer escalou aliados para mapear os deputados que traíram o governo durante a votação da denúncia na Câmara nesta quarta-feira (2/8). Temer conseguiu barrar a denúncia com