Em convenção municipal do PSDB, Doria e Alckmin falam em “unidade”

Em convenção municipal do PSDB, Doria e Alckmin falam em “unidade”

Adversários na disputa interna que vai decidir o candidato do PSDB à Presidência em 2018, o governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria adotaram um discurso de unidade durante a convenção municipal do partido, em São Paulo, realizada neste domingo, 29/10.

“Essa é uma convenção da união. União na cidade de São Paulo, união no Estado, união nacional. O PSDB unido vai marchar na cidade, no Estado e no Brasil para defender os brasileiros, defender o emprego, defender o desenvolvimento econômico. E nisso o governador Geraldo Akckmin e eu estaremos unidos ao lado de todos do PSDB”, disse Doria.

O prefeito e o governador não discursaram nem deram entrevistas. Eles gravaram um vídeo curto ao lado do vice-prefeito, Bruno Covas, na garagem da Câmara Municipal, pouco antes de deixarem a convenção.

Vamos buscar um bom entendimento, estar unidos para servir ao Brasil. Temos grandes desafios, reformas para retomar o crescimento, o que interessa é emprego, renda, qualidade de vida para a população” (Geraldo Akckmin)

O silêncio dos principais líderes do PSDB paulista frustrou parte dos militantes que participaram da convenção. Além deles, o senador José Serra e o ministro das Relações Exteriores, Aloizio Nunes Ferreira, também estiveram no local. Eles também não deram declarações.

 

 

Compartilhe
Previous Salvador: Deputado do PSDB sugere que Wagner tentou impedir Congresso do MBL
Next Após queda de mula, Caiado ficará mais um mês de licença do Senado

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Dilma queria Mantega lugar de Vaccari na arrecadação de caixa 2, diz Santana

O publicitário João Santana, marqueteiro das campanhas presidenciais de Dilma Rousseff (2010/2014), afirmou em delação premiada à Procuradoria-Geral da República que a ex-presidente “não tinha uma relação de confiança” com

Política 0 comentários

Padilha defende nova fonte de financiamento para a Previdência

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse hoje (15) à comissão especial da Câmara que analisa a reforma da Previdência que, mesmo se as mudanças propostas forem aprovadas, o

Política

Senado desafia STF e vota caso Aécio nesta terça-feira

Em um desafio ao Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), manteve para esta terça-feira (3/10), a votação que deve derrubar o afastamento do mandato e