Gabriel o Pensador ‘mata’ presidente Temer e clipe viraliza

Gabriel o Pensador ‘mata’ presidente Temer e clipe viraliza

O músico Gabriel O Pensador decidiu “matar” o presidente Michel Temer (PMDB) e caiu nas graças do povo com a nova música. O clipe, lançado na sexta-feira, já tem mais de 2 milhões de visualizações no Youtube e está circulando por WhatsApp, às vésperas da votação de uma nova denúncia contra o peemedebista, marcada para esta quarta-feira (25).

Nos anos 1990, o rapper já havia feito uma versão para o ex-presidente Fernando Collor, que acabou sofrendo impeachment. Em Hoje eu tô feliz (matei o presidente) 2, Gabriel o Pensador começa com as imagens de uma tribo indígena, depois acorda e vai se entregar na delegacia pedindo que o prendam porque quer ir à Brasília dar um tiro no Michel. “Aí que maravilha, mata mesmo esse vampiro mas um tiro é muito pouco, Gabriel”, responde o personagem do policial.

Pelo Twitter, o músico indicou que a música teria incomodado o Palácio do Planalto. “Acabei de receber um recado de um amigo de Brasília de que “estão tentando tirar a música do ar”. Não sei mais do…”, afirmou.

A música faz referência às denúncias da delação da JBS. “Audio e vídeo divulgados, mas não é julgado, já tinha comprado vários deputados, fora o foro privilegiado”.

Compartilhe
Previous Vereadores de Capim Grosso partem em defesa do Rio do Peixe
Next Acompanhe ao vivo a votação da 2ª denúncia contra Temer na Câmara

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política 0 comentários

Sou a favor da regulamentação do Uber, defende César Leite

O vereador Cesar Leite(PSDB),em conversa com o Classe Política nesta terça-feira(14), defendeu a regulamentação do Uber. Apesar de se posicionar a favor do Uber, Cesar ressaltou que é necessário redução

Notícias

Em crítica a Bolsonaro, Alckmin condena quem “flerta com a ditadura”

Para o pré-candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, os concorrentes que promovem a “bagunça” e a “ditadura” deveriam deixar a disputa. Sobre a postura de Jair Bolsonaro (PSL) na defesa

Cotidiano

Morre em São Paulo Cláudio Weber Abramo

O jornalista e matemático Cláudio Weber Abramo, de 72 anos, morreu ontem (12) em São Paulo. Ele se submetia a um tratamento de combate ao câncer no Hospital Samaritano, na