Armas e drogas são apreendidas durante vistorias no presídio de Feira

A direção do Conjunto Penal de Feira de Santana fez duas vistorias na unidade prisional no período de seis dias. Em mais uma busca realizada nas celas na manhã desta quarta-feira (18) foram encontradas drogas, celulares e armas fabricadas pelos próprios detentos (conhecidas como “chuchos”).

“São operações rotineiras que visam a coibir a entrada de objetos ilícitos no presídio. O objetivo é também melhorar a convivência no presídio e a sensação de segurança”, explicou o diretor do Conjunto Penal, capitão Alan Araújo.

O material apreendido foi encontrado na cela de sete presos, cujos nomes não foram divulgados. Eles vão responder a inquéritos policiais.

No total, o presídio de Feira tem 1.960 detentos, quando a capacidade não passa de 1.500.

Compartilhe