Sessão do plenário da Câmara é aberta e encerrada dois minutos depois

Sessão do plenário da Câmara é aberta e encerrada dois minutos depois

A sessão deliberativa da Câmara dos Deputados foi aberta e encerrada dois minutos depois sem qualquer votação. A reunião serviu apenas para contar prazo do pedido de vista concedido na semana passada ao relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) sobre a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Em seguida, foi iniciada uma sessão solene no plenário.

Os parlamentares precisavam de pelo menos 51 deputados presentes na Casa para abrir a sessão deliberativa extraordinária. Por volta das 9 horas, o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) presidia a sessão, mas teve que encerrá-la por falta de quórum. Uma nova tentativa foi feita por volta das 9h40, quando o número mínimo de participantes foi atingido na Casa – dentro no plenário, no entanto, estavam menos de 20 deputados.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está fora da Câmara e não conduziu os trabalhos. Ele recebe neste momento alguns embaixadores na residência oficial. Segundo a assessoria de imprensa da presidência, ele deve chegar ao Congresso por volta das 11h para cumprir agenda com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara começa hoje a fase de debates sobre o parecer que pede a rejeição do pedido da Procuradoria Geral da República contra Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência). Mais de 172 deputados terão direito a falar nesta fase dos trabalhos.

A ordem dos discursos será determinada pela ordem de chegada, mas a lista de inscrições só estará disponível a partir das 9h30. Membros titulares e suplentes da CCJ poderão falar por até 15 minutos de forma alternada (contra e a favor do parecer). Quarenta não membros (20 a favor do relatório e 20 contra) também poderão discursar, mas por no máximo 10 minutos. Líderes partidários também terão direito a pedir a palavra.

Só depois que todos os inscritos discursarem, o relator voltará a se manifestar por mais 20 minutos. O mesmo tempo será concedido aos advogados de defesa dos três denunciados.

Compartilhe
Previous Exportações têm crescimento de 15,1% em setembro, anuncia a FGV
Next Ao vivo: CCJ discute parecer pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Aos gritos de ‘Fora, Gilmar’, passageiros hostilizam ministro do STF; veja o vídeo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, foi hostilizado neste fim de semana por  passageiros ao desembarcar em Cuiabá, em Mato

Notícias

Gleisi diz que alianças do PT em 2018 serão com partidos de esquerda

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), divulgou um texto em suas redes sociais nesta segunda-feira (6/11), no qual defende a decisão da direção do partido que restringe

Notícias

‘Oposição tem dor de cotovelo da competência de Rui’, diz Luiza Maia

A deputada Luiza Maia afirmou nesta terça-feira (12), que a oposição ligada à ACM Neto e Geddel tem virado o time da “picuinha e mesquinhez” na política baiana. A parlamentar