Criança de nove anos morre atropelada por carro em Porto Seguro

Criança de nove anos morre atropelada por carro em Porto Seguro

Um acidente na noite desta terça-feira (10) deixou comovida a comunidade do bairro Parque Ecológico, na cidade de Porto Seguro. O jovem Pedro Henrique Gonçalves Santana, de nove anos, morreu atropelado por uma caminhonete, por volta das 21h30, na Rua José Fontana 1, próximo ao Colégio Paulo Souto. Conforme duas testemunhas ouvidas pelo delegado Felipe Martins, a criança brincava em um campo de futebol e, repentinamente, cruzou a rua correndo. Ainda segundo os relatos, o carro estava em velocidade compatível com o trecho, mas, surpreendido, o motorista não conseguiu evitar o choque. O delegado frisa que o motorista, um representante de vendas de 32 anos – cujo nome não foi divulgado, prestou os primeiros socorros à vítima e se apresentou espontaneamente na delegacia. Depois de ouvido, ele foi liberado para responder em liberdade. O veículo foi apreendido e vai passar por perícia. O condutor também mora na mesma localidade. A comunidade reclama que a iluminação no trecho onde ocorreu o atropelamento é precária.

Compartilhe
Previous Motorista perde controle de carro na rodovia Ilhéus-Olivença, bate em árvore e morre
Next Temer tem artéria entupida e deve passar por cateterismo, diz TV Globo

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Mundo

Em resposta a Kim, Trump diz que seu “botão nuclear é maior”

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, respondeu às ameaças de um ataque nuclear do líder norte-coreano Kim Jong-un e afirmou que também tem um botão nuclear em sua mesa

Notícias

FBI irá entregar documentos sobre laços entre Trump e Rússia

O presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Paul Ryan, disse nesta quinta-feira (26/10) que o FBI deve entregar documentos relacionados a um dossiê sobre o presidente americano, Donald

Notícias

Donald Trump rompe tradição e não realiza jantar do fim do ramadã

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pôs fim a uma tradição de quase 20 anos e não realizou na Casa Branca o habitual jantar de “iftar”, com representantes da