Uber leva ao Senado mais de 800 mil assinaturas contrárias ao PL 28

Uber leva ao Senado mais de 800 mil assinaturas contrárias ao PL 28

Cerca de 30 motoristas e representantes da Uber estão, na manhã desta terça-feira (10/10), na entrada do Senado Federal para protocolar as mais de 816 mil assinaturas de usuários do serviço de transporte individual por aplicativos contrárias ao projeto de lei que veio da Câmara dos Deputados e visa regulamentar a plataforma digital.

O dia foi escolhido porque há a possibilidade de que seja analisado um requerimento que pede urgência na votação da matéria no Plenário da Casa. Os motoristas querem que o PL nº 28/2017 passe pelas comissões e seja debatido com calma. “Não somos contrários à regulamentação em si. Não concordamos dessa maneira que está sendo realizada. Desse jeito, visa a proibição do aplicativo e não a regulamentação”, afirmou Fábio Sebba, diretor de Comunicação da Uber.

No último dia 26, a Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) apresentou relatório alternativo e retirou exigências previstas na proposta, como a necessidade de autorização do Poder Público para o funcionamento dos aplicativos e a adoção de placas vermelhas, iguais às dos táxis, para os veículos desses serviços. No entanto, alguns senadores pediram vista do relatório, que ainda não foi votado.

A ideia do senador Pedro Chaves (PSC-MS), relator do projeto na CCT, é que a matéria seja “analisada com calma” e passe por várias comissões. Ele recomendou um “debate mais profundo”, tanto que há uma audiência pública já aprovada e que poderá ser marcada na Comissão de Direitos Humanos (CDH) nesta semana.

Frente à repercussão nacional das mudanças nos serviços prestados por esse tipo de aplicativo, e à consequente pressão dos condutores, a maioria dos senadores ouvidos pelo Metrópoles decidiu analisar a matéria com cautela e não pretende chancelar o pedido de urgência para a votação em plenário. Disseram preferir que o projeto percorra todas as comissões afetas ao tema, garantindo um amplo debate antes de modificarem o funcionamento dos serviços em território nacional.

Compartilhe
Previous Nova passarela do Detran conta com 15 câmeras de segurança
Next Lava Jato: STF rejeita denúncia contra Renan Calheiros e Aníbal Gomes

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano 0 comentários

Estudantes encontram novos ambientes na volta às aulas

Na volta às aulas, os estudantes da rede estadual, na capital e interior, encontraram novos ambientes nas escolas. Gestores das unidades aproveitaram as férias para realizar serviços de limpeza das

Política

Em Conceição do Almeida, Rui entrega mais de mil certificados a agricultores e participa de inaugurações na área da saúde

Em visita ao município de Conceição do Almeida, nesta sexta-feira (11), o governador Rui Costa entregou 1.128 certificados de Cadastro Ambiental Rural (CAR), que regularizam as famílias que vivem da

Municípios

Paulo Azi pede apuração da PF para esclarecer incêndio que destruiu secretaria em Camaçari

O deputado federal Paulo Azi (DEM) encaminhou encaminhou nesta sexta-feira (3) um requerimento à Polícia Federal solicitando a adoção de providências imediatas para a apuração dos responsáveis pelo incêndio criminoso