Heber Santana cobra explicação da Valec para fechamento de escritório em Ilhéus

Heber Santana cobra explicação da Valec para fechamento de escritório em Ilhéus

“É no mínimo estranha a decisão anunciada da Valec de fechar o escritório regional em Ilhéus e transferir as atividades para a unidade em Jequié, no sudoeste baiano”, afirma o deputado estadual Heber Santana (PSC). Empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes, a Valec, responsável pela construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), alega redução de custos para adotar a medida. “O estranho é que, conforme divulgado pela mídia de Ilhéus, o trecho da ferrovia entre Jequié e Tanhaçu está com quase 90% da obras concluídas, enquanto no trecho Barra do Rocha/Ilhéus só 36% do projeto está concluído”, pontua Heber Santana.

Heber Santana disse esperar que o governo do Estado se posicione diante do governo federal para que a região de Ilhéus não seja prejudicada, uma fez que a economia da região sofrerá prejuízos com o fechamento do escritório e redução das obras, e consequente desempregos. O deputado lembra que a Fiol, que ligará Figueirópolis, no Tocantins, à Ilhéus, na Bahia, é vital para o escoamento da produção de grãos e minério do Oeste, possibilitando o desenvolvimento da agropecuária ao longo do trecho baiano.
De acordo com o site da Valec, a previsão de conclusão das obras da Fiol no trecho Ilhéus/ Caetité é para o segundo semestre de 2018.

Compartilhe
Previous Adelmo Casé faz show intimista e anima público no Parque Ecológico de Lauro de Freitas
Next Governo pede penhora de bens de Ratinho por causa de dívida

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Economia

FMI projeta crescimento de 0,2% para o Brasil em 2017

O Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta um crescimento de 0,2% para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano e uma expansão econômica de 1,7% para 2018. “O crescimento em 2017

Notícias

O crime organizado no Rio terá resposta, diz Temer

O presidente Michel Temer disse hoje (16) que a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro é uma “medida extrema”, mas necessária para combater o crime

Política

Maia diz que vai sugerir a data de segunda-feira para votar denúncia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai reunir ainda nesta quinta-feira (13/7) os líderes da Casa para definir a data da votação da denúncia apresentada contra o presidente Michel