ACM Neto diz que minoria de empresários ricos é contra o IPTU

ACM Neto diz que minoria de empresários ricos é contra o IPTU

“Tem 1% dos empresários ricos donos de terreno em Salvador que estão querendo quebrar a cidade e inviabilizar os investimentos. Tirar o oxigênio de obras que beneficiam, sobretudo, a população mais carente”, disse o prefeito ACM Neto sobre a mobilização feita por um pequeno grupo de empresários que faz pressão para que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) derrube a atualização do IPTU feita em 2013 pela Prefeitura.

“A supressão  da receita do IPTU inviabilizaria serviços essenciais e a Prefeitura teria que fechar UPAS, postos de saúde e creches”, alertou o prefeito. Se juntam a esse pequeno grupo de empresários partidos de oposição que são co-autores da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) da OAB que vai ser julgada pelo TJ-BA. São partidos como PT, PcdoB e PSL.

“Com as mudanças feitas em 2013 fizemos Justiça social e tributária.  Quem pode mais paga mais.  Quem não pode não paga nada.  Essa foi a lógica. Querer mudar tudo agora é uma atitude mesquinha contra a cidade.  São as mesmas pessoas que queriam que Salvador continuasse de pires na mão e se transformasse numa secretaria do governo do estado”, disse ACM Neto.

O prefeito lembrou ainda que as mudanças feitas em 2013 ampliaram as isenções do IPTU. “Quem tem imóvel residencial no valor de até R$ 93,5 mil não paga IPTU na cidade.  Isso representa a maior parte da população.  Querer mudar as regras do jogo depois de tanto tempo é uma tentativa de prejudicar aqueles que mais precisam”.

Neto lembrou ainda que com as mudanças, Salvador passou a andar com as próprias pernas, realizando obras com recursos próprios.  “Hoje, mais de 76% dos investimentos da Prefeitura são nas áreas mais carentes da cidade. Salvador hoje está com as finanças organizadas e tem o respeito tanto de quem vive aqui quanto lá fora. Não podemos permitir que essas conquistas que obtivemos desde 2013 retrocedam”, finalizou.

Compartilhe
Previous Marcelino Galo celebra anúncio de Policlínica em Jacobina
Next Segunda denúncia contra Temer chega à Câmara dos Deputados

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Municípios

Angelo Coronel quer declarar Paulo Afonso ‘Capital da Energia da Bahia’

A cidade de Paulo Afonso, Norte do Estado, que abriga o segundo maior Complexo Hidroelétrico do país em capacidade instalada – produção de 4.279,6 megawatts -, poderá ser declarada “Capital

Municípios

Galo solicita implantação de Batalhão da PM em Santa Bárbara

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelino Galo (PT), solicitou do governo do estado, através da Indicação Nº 22.240/2017, a

Cotidiano

Supremo autoriza força e multa contra greve dos caminhoneiros

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nesta sexta-feira (25/5) uma liminar para proibir o bloqueio em rodovias e autorizar o uso de força da Polícia