Deputada denuncia marido após encontrar pornografia infantil em casa

Deputada denuncia marido após encontrar pornografia infantil em casa

Rachel Carling-Jenkin, deputada do partido dos Conservadores Australianos, viveu momentos de angústia em sua vida particular e pública. Ela descobriu que o marido tinha pornografia infantil no computador de casa. A primeira providência que ela tomou foi procurar a polícia para denunciá-lo.

A deputada revelou a história que, segundo ela, virou sua vida do avesso pela primeira vez nesta semana. A descoberta aconteceu em fevereiro de 2016. “As imagens de crianças que perderam o ‘controle sobre seu destino’ durarão por mais tempo que qualquer sentença implicada para meu marido”, ela disse ao jornal The Washington Post.

“Eu me encontro agora inconscientemente procurando nos rostos de meninas que eu vejo nas ruas, angustiada quando um rosto desencadeia uma lembrança de uma foto ou um vídeo de uma menina que eu vi na coleção dele”, afirmou.

Em março, o marido de Rachel, Gary Jenkins, foi condenado a quatro meses de prisão, de acordo com o Canberra Times. Ele será obrigado a se reportar à polícia durante oito anos após ter sido colocado no Registro de Delinquentes Sexuais.

Rachel conta que o casamento dela terminou imediatamente após a descoberta. Segundo a deputada, ela voltou para casa apenas para buscar alguns pertences. Ela afirmou em uma sessão do Parlamento do Estado australiano que havia mantido silêncio sobre o acontecido para não interferir na investigação policial e no processo judicial.

Compartilhe
Previous Maduro diz estar disposto a se tornar ditador para chegar à paz econômica
Next Joesley Batista e Ricardo Saud se entregam à PF em São Paulo

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Temer formaliza indicação de Marcelo Barbosa para presidir CVM

O presidente Michel Temer (PMDB) encaminhou para a apreciação do Senado o nome do advogado Marcelo Santos Barbosa para exercer o cargo de presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM),

Notícias

Temer diz que “nada atrapalha” análise de denúncia pela Câmara

O presidente Michel Temer disse hoje (17/10) que “nada atrapalha” a análise pela Câmara da denúncia apresentada contra ele pela Procuradoria-Geral da República (PGR). A Comissão de Constituição e Justiça

Política

“População tem que ocupar as ruas e evitar sepultamento da democracia”, afirma Galo

Logo após a divulgação de diálogos oriundo das gravações bombásticas da delação da JBS envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador Aécio Neves (PSDB), o deputado estadual Marcelino