Técnico Tite faz quatro mudanças na Seleção Brasileira para jogo contra a Colômbia

Técnico Tite faz quatro mudanças na Seleção Brasileira para jogo contra a Colômbia

A seleção brasileira terá quatro alterações no jogo contra a Colômbia, nesta terça-feira (5), às 17h30 (horário de Brasília), na cidade colombiana de Barranquilla, Colômbia. A partida é válida pela 16ª rodada das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo. Fernandinho e Roberto Firmino entram no lugar de Casemiro e Gabriel Jesus, por opção técnica; Thiago Silva na vaga de Miranda (contundido) e Filipe Luís na de Marcelo, suspenso pelo segundo cartão amarelo. As mudanças foram testadas no treino realizado nesta segunda-feira (4) no local do jogo, o Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, que foi a aberto à imprensa apenas nos primeiros 15 minutos. Assim, a seleção brasileira iniciará a partida com Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Fernandinho, Willliam, Paulinho, Renato Augusto; Neymar e Roberto Firmino. A nova formação do time já tinha sido testada por Tite no treino realizado pela seleção em Manaus, no domingo (3), antes da viagem para a Colômbia. Depois de vencer o Equador por 2×0 em Porto Alegre, na quinta-feira (31), a seleção foi para a capital amazonense, de onde embarcou domingo para Barranquilla. Além de Colômbia x Brasil, a rodada das eliminatórias sul-americanas terá amanhã os seguintes jogos: Bolívia x Chile; Equador x Peru; Argentina x Venezuela e Paraguai x Uruguai. Faltando apenas três rodadas para o fim das eliminatórias, com o Brasil já classificado para Copa do Mundo da Rússia, em 2018, restam três vagas diretas em disputa, do 2º ao 4º lugares, e uma (5° lugar) para ser decidida numa repescagem. No momento, a Argentina ocupa a quinta colocação. A classificação é a seguinte: 1º Brasil, 36 pontos; 2º Colômbia, 25; 3º Uruguai, 24; 4º Chile, 23; 5º Argentina, 23; 6º Peru, 21; 7º Paraguai, 21; 8º Equador, 20; 9º Bolívia., 10; 10º Venezuela, 7. Depois do jogo contra a Colômbia, o Brasil fará mais duas partidas para encerrar as eliminatórias: no dia 5 de outubro contra a Bolívia, no campo do adversário, e no dia 10, contra o Chile, em campo brasileiro, em local ainda a ser definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Compartilhe
Previous Lauro de Freitas: Moema anuncia retomada das obras da Feira do Centro
Next Geraldo Alckmin alfineta João Doria e diz que o novo na política ”é falar a verdade e olhar nos olhos”

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Ter um bom relacionamento com a Rússia é uma coisa boa, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste sábado que, ao contrário do que dizem seus opositores, ter um “bom relacionamento com a Rússia é uma coisa boa, não

Política

Tribunal da 4ª Região aumenta pena de Vaccari de 10 para 24 anos de prisão

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) julgou nesta terça-feira, a apelação criminal do publicitário João Santana, da mulher dele, Mônica Moura, do operador Zwi Skorniczi, e de João

Economia

Inadimplência leva bancos a negociarem R$ 200 bi em “créditos podres”

A piora da inadimplência por causa da recessão gerou um volume bilionário de créditos em atraso no Brasil. O movimento obrigou os bancos a intensificarem a venda dessas operações para