Carteira de habilitação eletrônica já pode ser testada por motoristas

Carteira de habilitação eletrônica já pode ser testada por motoristas

Uma versão de teste da Carteira Nacional de Habilitação eletrônica já está disponível para ser baixada pelos motoristas. O documento digital será usado a partir de fevereiro de 2018 e terá o mesmo valor jurídico do impresso.

A versão de demonstração do aplicativo CNH-e está disponível apenas para aparelhos com sistema operacional Android e pode ser encontrado na internet.

O aplicativo, desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), permitirá aos motoristas terem acesso ao arquivo digital da CNH por meio do telefone celular.

O aplicativo deverá estar disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play até fevereiro do próximo ano.

Como vai funcionar

Com a CNH eletrônica, os agentes de trânsito poderão checar os dados dos documentos por meio do mesmo aplicativo, que fará a leitura do QRCode. Assim, o motorista poderá apresentar o documento digital a qualquer autoridade de trânsito, evitando multas caso tenha esquecido ou perdido o documento impresso.

A habilitação física continuará sendo emitida aos condutores que a solicitarem aos departamentos de trânsito estaduais.

Futuramente, o motorista também poderá conferir, pelo aplicativo, a pontuação de infrações cometidas, ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer e saber sobre campanhas de trânsito.

Compartilhe
Previous Pelourinho e Bairro da Paz ganharão cozinhas comunitárias até dezembro
Next Barroso tira sigilo de inquérito contra Renan no caso Postalis

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Edson Fachin mantém prisão domiciliar de Paulo Maluf

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, em sessão nesta quinta-feira (19/4), a concessão de liberdade ao deputado afastado Paulo Maluf. Por 6 votos a 5, os ministros entenderam que não cabem embargos infringentes contra

Notícias

É Tetra! Vereador de João Dourado leva prêmio de destaque Nacional pela quarta vez

“Eu não vou desistir” é o nome do projeto de inclusão social implantado no povoado de Gameleira dos Crentes, no município baiano de João Dourado. De autoria do vereador da

Política

Carletto propõe realização de concurso público para o cargo de policial rodoviário federal

Apenas 10.620 policiais fazem parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF),  quando na verdade a corporação deveria possuir um efetivo legal de 13.098 policiais. Diante dessa realidade, o deputado federal Ronaldo