Amazonino Mendes é eleito governador do Amazonas

Amazonino Mendes é eleito governador do Amazonas

Com 95,95% das urnas apuradas, Amazonino Mendes (PDT) está matematicamente eleito para governar o Estado do Amazonas pela quarta vez. O pedetista venceu Eduardo Braga (PMDB) no segundo turno da eleição suplementar realizada neste domingo, 27.

O Amazonas realizou uma nova eleição porque no dia 4 de maio o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou os mandatos do então governador, José Melo (PROS), e de seu vice, José Henrique de Oliveira (SD), por compra de votos na eleição de 2014. Amazonino Mendes vai comandar o Estado em ‘mandato tampão’ de 14 meses.

Tanto no primeiro quanto no segundo turno, as votações foram marcadas pelas altas taxas de abstenção, em torno dos 25% nos dois pleitos. Neste domingo, as abstenções (25,46%) e os votos em branco (4,16%) e nulos (20,46%) somaram 50%.

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-AM) definiu que a diplomação dos eleitos será realizada no próximo dia 2 de outubro.

Compartilhe
Previous Homem surta e joga gasolina no próprio corpo Vitória da Conquista
Next Temer defende financiamento empresarial a determinado partido ou candidato

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Imbassahy dispara contra o PT: “Esse mal já está sendo afastado do Brasil, precisamos afastar da Bahia”;ASSISTA

O deputado federal  Antônio Imbassahy(PSDB), defendeu logo após definição da executiva estadual ter lançado João Gualberto pré-candidato ao governo da Bahia que é necessário continuar o enfrentamento direto ao Partido

Política 0 comentários

Aécio minimiza vínculo partidário de Alexandre de Moraes, indicado ao STF

– O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), minimizou nesta quarta-feira, 8, o vínculo partidário do ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Política 0 comentários

Executiva do PSDB prorroga mandato de Aécio à frente da sigla até maio de 2018

Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira, 15, a direção executiva nacional do PSDB decidiu prorrogar até maio de 2018 o mandato do senador Aécio Neves (MG) na presidência da