Espaço de leitura no Pelourinho vai atender 400 jovens e crianças

Espaço de leitura no Pelourinho vai atender 400 jovens e crianças

Um verdadeiro festival de artes – com apresentações de balé, teatro, filarmônica, orquestra de flautas, coral e recital de poesias  – marcou a inauguração de um novo espaço de leitura no Solar Ribeiro dos Santos – Casa Pia Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador, nesta sexta-feira (25). Com festa, os alunos da instituição comemoram a chegada de 750 livros, doados pela Fundação Pedro Calmon (FPC), órgão vinculado à Secretaria de Cultura do Estado (Secult).

Os livros ficarão no novo espaço, que vai atender cerca 400 alunos da instituição, com idades entre 7 e 12 anos. No evento, o diretor da escola técnica da Casa Pia, José Travessa, destacou o poder transformador da educação. “Eu acredito na cultura, na transformação do homem através do conhecimento, e hoje é um dia muito feliz. Nas nossas três unidades, temos quase 2,5 mil alunos e inauguramos agora mais uma biblioteca. É um local que vai estimular ainda mais os talentos e a imaginação dessas crianças, que já são brilhantes. Elas vão aprender a ter mais conhecimento e vão descobrir um outro mundo nas páginas dos livros”, afirmou José Travessa.

O Espaço de Leitura Maria Solange Alves de Souza Paula homenageia a bibliotecária que há mais de uma década trabalha voluntariamente nas bibliotecas da Casa Pia. Presente na cerimônia de inauguração do acervo que leva seu nome, Maria não escondeu a emoção de ter o trabalho reconhecido.

“Eu fico muito agradecida. Desde antes de me aposentar, nas minhas horas vagas, eu ajudava a criar o acervo e a gerenciar as atividades das bibliotecas. Depois que me aposentei, quase todos os dias da semana eu estou presente, sempre incentivando a leitura. Não há substituto para o livro. Ele pode, hoje, competir com outras mídias, mas é aquele que fica conosco para sempre. As mensagens dos livros são insubstituíveis”, explicou Maria Solange.

Espaços de Leitura

Segundo a diretora da Biblioteca de Extensão da Fundação Pedro Calmon, Sílvia Cunha, a doação dos livros busca incentivar a leitura e proporcionar um ambiente agradável para os alunos. “Esse local torna a leitura mais atrativa, divertida e lúdica, para que eles criem o hábito. A coleção aqui inclui a literatura para os pequenos, mas fizemos questão de incluir alguns títulos para os professores, já que eles trarão seus alunos para essa sala e também poderão aproveitar”, ressaltou a diretora. A fundação coordena 37 espaços de leitura, democratizando a cultura e o acesso à literatura, principalmente entre crianças e adolescentes.

Compartilhe
Previous Lista de medicamentos do SUS inclui novos remédios para HIV e Alzheimer
Next Padre é encontrado morto com 29 facadas em casa paroquial

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Entretenimento

Geraldo Azevedo lota Terreiro de Jesus com grandes sucessos da música nordestina

O cantor pernambucano Geraldo Azevedo foi a principal atração deste sábado (23), noite de abertura da programação do palco do Terreiro de Jesus, no São João do Pelourinho. Com clássicos

Cotidiano

Aprovados na primeira chamada do ProUni têm até hoje para confirmar informações

Os aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje (19) para comprovar as informações prestadas na inscrição. Estes estudantes devem procurar a instituição de ensino

Política

Coronel critica política de preços da gasolina ao ministro Fernando Bezerra

Para o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia há uma incongruência na política de reajustes no preço da gasolina praticada pelo governo federal: a gasolina importada chega mais barato que