Janot denuncia Renan, Jucá, Sarney e mais 6 por corrupção e lavagem

Janot denuncia Renan, Jucá, Sarney e mais 6 por corrupção e lavagem

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou nesta sexta-feira (25/8) quatro senadores peemedebistas em inquérito que investiga corrupção passiva e lavagem de dinheiro: Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Valdir Raupp (RO) e Garibaldi Alves (RN). O investigador também apresentou acusações formais contra os ex-senadores do PMDB José Sarney e Sérgio Machado (ex-presidente da Transpetro). Mais três pessoas foram denunciadas no inquérito da Operação Lava Jato.

Os crimes teriam envolvido a contratação do consórcio Estaleiro Rio Tietê em licitação destinada à renovação da frota de barcaças e empurradores usados pela Transpetro, no transporte de etanol entre Mato Grosso e São Paulo. As informações são da revista Época.

Essa é a segunda denúncia contra o ex-presidente do Senado ao Supremo Tribunal Federal decorrente da Operação Lava Jato. Nessa investigação, a PGR aponta que as empresas teriam repassado propina a Renan camufladas como doações eleitorais ao diretório do PMDB de Alagoas e à própria campanha do senador em 2010.

A denúncia será analisada pelos ministros do STF e, caso seja aceita, os parlamentares se tornarão réus da Lava Jato.

O outro lado
A defesa de Sarney e Jucá criticou o oferecimento da denúncia por Rodrigo Janot e classificou o ato como uma “demonstração clara do posicionamento de um procurador em final de carreira que quer se posicionar frente à opinião pública”. “Ele vai denunciar todos os inquéritos, tendo ou não qualquer tipo de indícios para isso. É absolutamente lamentável”, asseverou Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay.

Para o advogado, não há motivos, do ponto de vista técnico, para se apresentar a denúncia. “O que existe é a palavra de um delator desmoralizado, um delator que, ele sim, talvez tenha cometido crime ao gravar ilegalmente, de forma imoral, o senador Sarney e o senador Jucá.”

Compartilhe
Previous Chuck Norris sofreu dois infartos em menos de uma hora, diz site
Next MPE pode abrir ação para pedir indenização a vítimas de naufrágio em Salvador

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Aumento abusivo no preço dos combustíveis é crime, alerta ministério

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, encaminhou ofício à Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis) e à Associação Brasileira de Supermercados (Abras) solicitando que as instituições aconselhem

Política

Maia: relação com PMDB não foi resolvida “por falta de oportunidade”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta sexta-feira (29/9) que a relação com o PMDB ainda não foi resolvida “por falta de oportunidade”, mas que mantém suas

Política

PF pede mais 60 dias para investigar Renan na Lava Jato

A Polícia Federal pediu prorrogação por mais 60 dias do inquérito contra o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), o deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE) e um executivo da Serveng por