Absurdo? Ex-governador de Mato Grosso entrega ao MPF imagens de políticos recebendo dinheiro; assista

Absurdo? Ex-governador de Mato Grosso entrega ao MPF imagens de políticos recebendo dinheiro; assista

O ex-governador de Mato Grosso Silval Barbosa (PMDB) entregou ao Ministério Público Federal vídeos que mostram políticos do estado de diversos partidos recebendo dinheiro vivo. A TV Globo teve acesso às imagens com exclusividade.

Segundo Silval Barbosa, as gravações foram feitas pelo então chefe de gabinete Silvio Cesar, que, segundo o ex-governador, era quem entregava o dinheiro. O dinheiro, segundo o ex-governador, era de esquemas de propina no estado.

A delação premiada de Silval Barbosa foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no último dia 9.

Nas imagens, o atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB) aparece recebendo maços de dinheiro e os colocando nos bolsos do paletó. Um dos maços chega a cair no chão, e Pinheiro se abaixa para pegar.

Em outro vídeo, o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP) recebeu o dinheiro em uma caixa de papelão. Já o então deputado estadual Hermínio Barreto (PR) leva uma mala, onde coloca os maços.

A atual prefeita de Juara, Luciane Bezerra (PSB) guarda o dinheiro na bolsa. O ex-deputado estadual Alexandre César (PT) recebe o dinheiro e coloca em uma mochila.

O que disseram os políticos

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, disse que não fez nada ilícito e que vai comprovar isso na Justiça.

O deputado estadual Oscar Bezerra, declarou que a esposa dele, Luciane Bezerra, prefeita de Juara, recebeu dinheiro para quitar dívidas de campanha eleitoral.

O advogado de Silvio Cesar disse que não pode comentar porque a delação está sob sigilo.

Os demais citados não foram localizados pela reportagem.

Delação

Em outros trechos da delação, Silval Barbosa citou:

  • A suposta participação do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em um esquema de corrupção no estado;
  • Pagamento de propina nas obras da Arena Pantanal;
  • Acordo entre políticos de diferentes grupos para eleger o atual governador, Pedro Taques (PSDB);
  • Cobrança de propina para que ele não fosse citado na CPI das obras da Copa.

ASSISTA

Compartilhe
Previous Ministro enviará dados ao STF sobre descumprimento de jornada por médicos
Next Em dez anos, houve 1.289 mortes em barcos no Brasil

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Economia

Sancionado com veto projeto de lei que altera diretrizes da Lei Orçamentária

O presidente Michel Temer sancionou com um veto o projeto de lei nº 13, do Congresso Nacional, que altera a lei que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e

Política

‘Não sou candidato a presidente da República’, afirma Rodrigo Maia em NY

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ressaltou que não é candidato ao cargo de presidente da República. “Eu não sou candidato”, disse para jornalistas em Nova York.

Cotidiano

Festa marca entrega do novo CMEI Unidos de Castelo Branco pela Prefeitura de Salvador

“O CMEI está lindo! Muito obrigada por esse novo CMEI!”. A declaração das crianças de 5 e 6 anos, alunas do Centro Municipal de Educação Infantil Unidos de Castelo Branco,