Nordeste apresenta menor inflação acumulada nos últimos 12 meses desde 2008

Nordeste apresenta menor inflação acumulada nos últimos 12 meses desde 2008

Mesmo considerada alta em relação aos dados nacionais, a inflação dos últimos 12 meses na Região Nordeste, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e registrada em 3,32%, é a menor desde 2008, quando começou a série histórica da região. A informação é do Diário Econômico, documento elaborado pelo Escritório de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), vinculado ao Banco do Nordeste.

A inflação de julho, que ficou em 0,26%, também é a mais baixa para o mês desde 2014, quando houve o índice ficou em 0,36%. O acumulado do ano também segue o ritmo de queda, só que mais intensa: 1,91%, se comparado aos 5,75% registrados no mesmo período de 2016.

Para o economista do Etene, Aírton Saboya, essas quedas se explicam pela retração econômica atual, quando a demanda por produtos e serviços está menor. “Com a economia em retração em diferentes produtos, há benefícios para o consumidor. No caso dos serviços, a redução de preços é mais lenta e o consumidor busca substituí-los.”

Dentre os nove grupos pesquisados pelo Etene, habitação é o que tem maior impacto na formação do indicador inflacionário do Nordeste. Em julho, esse grupo apresentou alta de 1,40%. Já os grupos “artigos de residência” e “alimentos e bebidas” apresentaram deflação (diminuição do índice de preços): 0,60% e 0,05%, respectivamente. Saboya explica que a deflação dos alimentos é um reflexo da melhoria da safra agrícola, sobretudo após seis anos de seca intensa na região.

Considerando Recife, Salvador e Fortaleza, as três regiões metropolitanas do Nordeste pesquisadas pela Etene, a energia elétrica residencial foi um dos itens que teve maior elevação de preços em julho, devido, conforme o economista, ao reajuste recente e também aos baixos níveis dos reservatórios onde há hidrelétricas. No Recife, a alta foi  4,51%, seguido de Salvador, com 4,41% e Fortaleza, com 3,50%.

Compartilhe
Previous Para Maia, distritão em 2018 'não é tão ruim assim'
Next Janot e Raquel Dodge fazem primeira reunião de transição na PGR

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Estado Islâmico executou mais de 5 mil pessoas na Síria, diz estudo

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) matou 5,1 mil pessoas em 150 execuções sumárias na Síria ao longo de 40 meses, desde que anunciou seu califado em junho de 2014

Notícias

Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (17) reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas. A medida

Política

Após articulação de Azi, Ministro das Cidades anuncia liberação de R$65 milhões para Camaçari

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, anunciou ontem (23) a liberação de R$65 milhões para Camaçari. Para obra de saneamento básico em Arembepe estão garantidos R$26 milhões. Na expansão do