Bahia: Governo vai licitar concessão de linhas de ônibus metropolitanos

Bahia: Governo vai licitar concessão de linhas de ônibus metropolitanos

A intenção de licitar a concessão de linhas de Transporte Rodoviário Metropolitano será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (11). O sistema terá uma nova frota e será integrado de forma operacional e tarifária com o Metrô de Salvador.

As linhas serão licitadas em dezembro deste ano, com a operação do sistema prevista para o início de 2018. A frota a ser renovada deverá ter veículos zero quilômetro, equipados com validador para bilhetagem eletrônica, ar-condicionado, wi-fi, GPS, piso baixo e acessibilidade, ações que visam ampliar a qualidade do serviço.

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) realiza estudos de readequação de linhas e reequilíbrio econômico financeiro do sistema de transporte metropolitano. O levantamento das mudanças necessárias já está em andamento.

Com as novas concessões, as linhas metropolitanas vão ter como os principais pontos de destino os Terminais de Integração de Passageiro do sistema metroviário na capital.

Compartilhe
Previous Conselho de Ética do Senado recebe denúncia contra Lindbergh Farias
Next Preso acusado de praticar mais de 50 assaltos à lojas em Feira de Santana

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano 0 comentários

Odebrecht fecha acordo no Peru; US$ 9 milhões em multas por corrupção

A Odebrecht Peru confirmou a assinatura de um convênio preliminar no país nesta quinta-feira (5/1). O grupo afirmou em breve nota sobre o acordo firmado com a Fiscalía de la

Notícias

Janot denuncia Temer por obstrução de Justiça e organização criminosa

A três dias do fim do mandato, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou nesta quinta-feira (14/9) a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. O chefe do Ministério Público

Cotidiano

MPF pede anulação de regra da Anac que permite cobrança de bagagem em voos

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo pediu que a Justiça anule liminarmente as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que autorizam as companhias aéreas a