Após desgaste, Temer desiste de aumentar alíquota do Imposto de Renda

Após desgaste, Temer desiste de aumentar alíquota do Imposto de Renda

O presidente Michel Temer (PMDB) recuou sobre a possibilidade de aumentar as alíquotas do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). Em nota divulgada na noite desta terça-feira (8/8), o peemedebista desistiu do ajuste após o intenso desgaste sofrido ao longo do dia.

De acordo com o documento, assinado pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Temer “não encaminhará proposta de elevação do Imposto de Renda ao Congresso Nacional”.

Mais cedo, o presidente tinha admitido que a equipe econômica do governo estudava uma alíquota maior para o IRPF. Ponderou, no entanto, que ainda não seria o momento para isso. “Não há nada decidido”, disse, após participar de evento da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) em São Paulo.

A declaração causou grande repercussão e levou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a afirmar que a medida não seria aprovada na Casa. “Se tiver que passar pela Câmara, não passa”, disse.

Veja a nota do Planalto na íntegra:

“A Presidência da República não encaminhará proposta de elevação do Imposto de Renda ao Congresso Nacional. O presidente Michel Temer fez hoje menção genérica a estudos da área econômica, que são permanentemente feitos. Esclarecemos que hoje esses estudos estão focados prioritariamente em reduzir despesas e cortar gastos, na tentativa obstinada de evitar o aumento da carga tributária brasileira. E com esse foco o governo federal continuará trabalhando.”

Compartilhe
Previous Marcelino Galo articula parceria da OSBA e o "Arte de Tocar" em Jacobina
Next Para Gilmar Mendes, Ministério Público virou “terra de ninguém”

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política 0 comentários

Operação da PF mira Lúcio Vieira Lima

Investigadores da Operação Cui Bono?, deflagrada nesta sexta-feira, 13, pela Polícia Federal, para apurar suposto esquema de fraudes na Caixa, também pediram à Justiça autorização para busca e apreensão de

Política

Bahia não tem tornozeleira eletrônica para prisão domiciliar de Geddel

A Polícia Federal (PF) informou, em nota enviada no início da tarde de hoje (14), que a Superintendência da Bahia “não dispõe de sistema de monitoramento eletrônico de pessoas”, conhecido

Política 0 comentários

Polícia Federal indicia Lula, Marisa e Palocci por propina da Odebrecht

A Polícia Federal indiciou, nesta segunda-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ex-primeira-dama Marisa Letícia e o ex-ministro Antonio Palocci no âmbito da Operação Lava-Jato. O indiciamento se