21 deputados da Bahia votam contra Temer; 17 a favor e 1 ausência; veja lista

21 deputados da Bahia votam contra Temer; 17 a favor e 1 ausência; veja lista

Os deputados representantes da Bahia acabaram de votar sobre o encaminhamento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Ao todo, 21 se posicionaram contra Temer e 17 a favor do presidente. Houve, ainda, uma ausência.

Afonso Florence (PT) – NÃO
Alice Portugal (PC do B) – NÃO
Antonio Brito (PTB) – NÃO
Arthur Maia (SD) – SIM
Bacelar (Podemos) – NÃO
Bebeto (PSB) – NÃO
Benito Gama (PTB) – SIM
Cacá Leão (PP) – SIM
Caetano (PT) – NÃO
Claudio Cajado (DEM) – SIM
Daniel Almeida (PC do B) – NÃO
Elmar Nascimento (DEM) – SIM
Erivelton Santana (PSC) – SIM
Felix Jr (PDT) – NÃO
Fernando Torres (PSD) – NÃO
Irmão Lázaro (PSC) – NÃO
João Bacelar (PR) SIM
João Guarberto (PSDB) – NÃO
Jorge Solla (PT) – NÃO
José Carlos Aleluia (DEM) – SIM
José Carlos Araújo (PSD) – SIM
José Nunes – NÃO
Josias Gomes – NÃO
Jutahy Magalhães (PSDB) – NÃO
Lúcio Vieira Lima (PMDB) – SIM
Márcio Marinho (PRB) – SIM
Mario Negromonte Jr (PP) – SIM
Nelson Pelegrino – NÃO
Pastor Luciano (PHS) – SIM
Paulo Azi (DEM) – SIM
Paulo Magalhães (PSD) – SIM
Roberto Brito (PP) – SIM
Ronaldo Carletto (PP) – AUSENTE
Sérgio Brito (PSD) – NÃO
Uldurico Júnior (PV) – NÃO
Valmir Assunção (PT) – NÃO
Waldenor Pereira (PT) – NÃO

Compartilhe
Previous Feira de Santana: MPF aciona ex-prefeito Tarcízio Pimenta por prejuízo de R$ 3,1 milhões aos cofres públicos
Next Em pronunciamento, Temer diz que vitória na Câmara foi 'clara e incontestável'

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Novos vazamentos da lista de Janot envolvem governadores de cinco estados

Novos vazamentos do conteúdo das delações dos executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht apontam cinco governadores de estado, um ministro, quatro senadores e cinco deputados, além de políticos que não

Política

Bolsonaro diz que seu plano de privatizações agrada ao mercado

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse hoje (13) que o plano de privatizações previsto por sua campanha, caso seja eleito, será de inteiro agrado do

Notícias

Bolsonaro propõe reforma administrativa para cortar gastos

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro disse nessa sexta-feira(12), nas redes sociais, que, caso eleito, pretende fazer uma reforma administrativa para com a reduzir a remanejar “gastos desnecessários”, além de