Temer diz desconhecer suposto esquema de propinas na Caixa

Temer diz desconhecer suposto esquema de propinas na Caixa

O presidente Michel Temer disse, em ofício à Justiça Federal em Brasília, desconhecer um esquema de pagamento de propinas na Caixa Econômica Federal em troca da liberação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Em documento de cinco páginas, no qual responde a perguntas feitas pela defesa do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Temer negou que tenha indicado aliados para o comando do banco. Disse ainda que doações de campanha feitas ao PMDB por empresas investigadas, durante o período em que presidiu o partido, não foram vinculadas à aprovação de investimentos do banco.

O presidente foi arrolado como testemunha por Cunha, que é réu em ação penal sobre esquema de corrupção na Caixa. Em função do cargo que ocupa, teve o direito a responder por escrito aos 22 questionamentos do deputado cassado, preso em Curitiba.
Compartilhe
Previous Procuradoria diz a Moro que vai apelar por pena maior a Lula
Next Bancos travam crédito do BNDES à pequena empresa por risco de calote

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Bolsonaro diz que Miriam Leitão é “porca” e irá “lamber suas botas”

Os ataques à jornalista já tiveram quase 9 mil curtidas dos seguidores de Jair Bolsonaro. Além disso, 1,7 mil pessoas retuitaram o comentário e mais de 700 comentaram a postagem. O

Política

Delegado da PF pega 22 anos de prisão por atuar como informante de Cachoeira

O juiz Rafael Ângelo Slomp, da 11ª Vara Federal em Goiás, condenou o delegado da Polícia Federal Fernando Antônio Hereda Byron Filho, acusado de atuar como informante do contraventor Carlinhos

Cotidiano

Ministra mantém preso ex-diretor da OAS condenado na Lava Jato

Em decisão liminar, a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, indeferiu o pedido de declaração de nulidade da prisão do ex-diretor do grupo OAS Agenor Franklin