Maia terá que explicar ao STF porque não analisou impeachment de Temer

Maia terá que explicar ao STF porque não analisou impeachment de Temer

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou explicações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a respeito da não apreciação dos pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB), diante do questionamento feito por quatro deputados federais em um mandado de segurança apresentado ao Supremo. O ministro fixou um prazo de 10 dias para a resposta.

Alegando omissão por parte de Maia, os deputados Alessandro Molon (Rede-RJ), Aliel Machado (Rede-PR), Henrique Fontana (PT-RS) e Júlio Delgado (PSB-MG) protocolaram a ação na noite da quarta-feira, 28, no STF pedindo que a Corte concedesse uma liminar obrigando o presidente da Câmara a dar andamento aos pedidos de impeachment. Eles apontaram que a Câmara recebeu, nos últimos 40 dias, 21 denúncias por crime de responsabilidade contra Temer, “sem que nenhum andamento fosse tomado”.

Antes de apreciar o pedido de liminar, considero indispensável o conhecimento prévio das informações a serem prestadas pela autoridade impetrada (o presidente da Câmara), disse Moraes em decisão nesta quinta-feira (29).

 Os autores do mandado de segurança alegam que a fiscalização do Poder Executivo é atribuída aos órgãos coletivos do Legislativo, e não aos seus membros individualmente. Ao não dar nenhum despacho nos pedidos de impeachment, o presidente da Câmara estaria “ferindo direito líquido e certo dos parlamentares de se pronunciarem sobre o tema”.
Compartilhe
Previous Sabatina de Raquel Dodge no Senado terá clima amistoso e aval da oposição
Next Defesa de Temer pede que juiz reveja queixa-crime contra Joesley

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Mulheres pedem respeito aos homens na hora da paquera no Carnaval

Uma piscada de olho ou beijinho no ar, isso é paquera! Mas tem quem prefira avançar o sinal e partir para o assédio, fazendo propostas desrespeitosas com palavras grosseiras. Para

Economia

PIB caiu em todos os estados em 2015, revela IBGE

Todos os Estados brasileiros registraram queda no Produto Interno Bruto (PIB) em 2015 ante 2014, segundo os dados das Contas Regionais, divulgados nesta quinta-feira (16/11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia

Notícias

Anatel registra diminuição do número de linhas de celular em maio

A telefonia móvel registrou 242.118.177 linhas móveis em operação no país em maio deste ano. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), houve queda de 217,03 mil linhas no período,