Contra ‘enforcamentos’, senador quer feriados só nas segundas-feiras

Contra ‘enforcamentos’, senador quer feriados só nas segundas-feiras

Os senadores podem definir, nesta terça-feira, a antecipação dos feriados nacionais para as segundas-feiras. A medida consta em um projeto de lei que está na pauta de votação da Comissão de Educação, Cultura e Esporte, onde tem decisão terminativa.

O projeto transfere os feriados que caírem entre terça e sexta-feira para as segundas. Segundo o autor, senador Dário Berger (PMDB-SC), a mudança de data seria para não prejudicar o comércio com as esticadas de sexta-feira. Segundo o senador, os “enforcamentos” de dias úteis causam prejuízo à “roda da economia”.

“O objetivo central dessa singela proposição é minimizar os danos ao funcionamento das empresas, ao emprego dos trabalhadores e à arrecadação dos governos de todos os níveis da federação, causados pelo excessivo número de feriados, circunstância que leva à drástica redução dos dias úteis destinados à produção e à comercialização de bens e serviços”.

As únicas datas preservadas no projeto para serem comemoradas no dia certo são 1º de janeiro, 1º de maio, 7 de setembro e 12 de outubro, Natal, Carnaval, Corpus Christi e a Sexta-feira Santa. A medida também não valerá para os feriados que caírem aos sábados e domingos. O texto tem parecer favorável do relator Hélio José (PMDB-DF).

Compartilhe
Previous 'Expandiu-se demais a investigação, além dos limites', diz Gilmar
Next PF vê indício de corrupção passiva em inquérito de Temer e Loures

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Cade diz ser equivocada delação de Saud sobre favorecer empresa da JBS

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) divulgou nota hoje (20) em que diz ser equivocada a informação de Ricardo Saud, ex-diretor de Relações Instituições da J&F, prestada em delação

Política

Meirelles não vê diferença em adiamento de votação da Previdência

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que “não serão uma ou duas semanas que farão diferença para a aprovação da reforma da Previdência”, pelo Congresso, pois o “importante é

Política

Lídice apresenta emendas que totalizam R$ 900 mil para a Ufba

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou, em Brasília, emenda parlamentar de R$ 900 mil para a Universidade Federal da Bahia. Os recursos, oriundos do orçamento da União, preveem aportes