Músico do Cidade Negra é condenado por agredir a mulher

Músico do Cidade Negra é condenado por agredir a mulher

Bino Farias, baixista da banda Cidade Negra, foi condenado a dois anos de serviços comunitários por agredir a mulher, com quem foi casado por 17 anos. Segundo denunciou, durante anos ela sofreu agressões.

“Foram 17 anos de agressões físicas, psicológicas e patrimoniais. Eu espero que o meu depoimento possa auxiliar principalmente na prevenção de casos como o meu. O meu desejo é que outras mulheres e suas famílias não carreguem as mesmas marcas de violência”, disse a técnica de áudio Marcele Simeão, segundo o colunista Leo Dias, de O Dia.

O músico chegou a ameaçar Marcele de morte em 2014, desencadeando uma ocorrência policial, que levou o casal a se separar definitivamente. De acordo com ela, as agressões foram de cunho físico, psicológico e patrimonial.

O baixista foi enquadrado na Lei Maria da Penha e condenado pelo juiz André Luiz Cidra, do Juizado de Violência Doméstica de Niterói, no Rio de Janeiro. O músico não se manifestou sobre a condenação.

Compartilhe
Previous TSE lança campanha nas redes sociais para acabar com mitos eleitorais
Next Aécio Neves teme prisão e afirma que vive situação “kafkiana”

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Jucá ignora Renan e convoca reunião da bancada do PMDB com Temer

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), convidou os senadores peemedebistas para uma reunião com o presidente Michel Temer na próxima terça-feira, às 11h, no Palácio do Planalto.

Cotidiano

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 26 milhões neste sábado

A Mega-Sena pode sortear neste sábado (19/8) um prêmio de R$ 26 milhões no concurso n° 1960. O sorteio será realizado a partir das 20h. Aplicado na poupança o prêmio

Notícias

Senado aprova convalidação de benefícios fiscais e GDF comemora

Com forte pressão dos senadores das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, o plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (12) o projeto de lei que trata da convalidação de benefícios fiscais concedidos