Ex-ministra francesa é agredida e desmaia em Paris

Ex-ministra francesa é agredida e desmaia em Paris

A candidata francesa Nathalie Kosciusko-Morizet, que concorre a uma vaga de deputada na Assembleia Nacional pelo partido Os Republicanos, foi agredida nesta quinta-feira (15/6) por um homem que tentou dar um tapa em seu rosto. Kosciusko-Morizet, de 44 anos e ex-ministra do Meio Ambiente, estava em um mercado a céu aberto em Paris quando foi agredida.

O tapa foi tão forte que derrubou a candidata no chão e a fez perder os sentidos, permanecendo desmaiada por quase 30 minutos. O agressor, de cerca de 50 anos, também insultou verbalmente a candidata e lançou folhetos contra ela. O homem está foragido e a Promotoria de Paris abriu um inquérito por “violência voluntária”. O primeiro-ministro da França, Edouard Philippe, foi até o hospital Cochin de Paris para prestar solidariedade à Kosciusko-Morizet, que recebeu atendimento no local. “Desejo uma rápida recuperação para minha amiga Nathalie Kosciusko-Morizet. Condeno este ato de violência insuportável”, escreveu o premeir no Twitter.

A líder do partido de extrema-direita Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, também demonstrou solidariedade à candidata. A violência não pode ter espaço em uma campanha eleitoral. Esses comportamentos são sempre inadimissíveis”, criticou. Nathalie Kosciusko-Morizet é uma das candidatas às eleições legislativas francesas, cujo segundo turno está marcado para o próximo domingo (18).

Compartilhe
Previous WhatsApp deixará de funcionar em alguns celulares até o fim do mês
Next Carla Vilhena comete erro no Jornal Nacional e não passa despercebido; assista

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias 0 comentários

Mecânico morre esmagado em acidente na Avenida Bonocô

Um acidente envolvendo um veículo gol e um caminhão, deixou um morto na Avenida Mario Leal Ferreira, (Bonocô), em frente a casa Eloi, sentido Centro, por volta das 15 horas,

Mundo

Psiquiatras dizem que Trump tem doenças mentais e pedem impeachment

Um grupo de 25 psiquiatras norte-americanos se reuniu na Universidade de Yale, nos EUA para discutir abertamente a saúde mental do presidente do país, Donald Trump. O grupo alega que

Política

Presidente do COB é preso em mais uma fase da Operação Lava-Jato

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, foi preso na manhã desta quinta-feira (5/10), no Rio de Janeiro, por agentes da Polícia Federal