ANP leiloa 760 milhões de litros de biodiesel para garantir mistura obrigatória

ANP leiloa 760 milhões de litros de biodiesel para garantir mistura obrigatória

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biodiesel (ANP) vendeu 760,3 milhões de litros de biodiesel em leilão. O biodiesel destina-se a garantir o percentual mínimo obrigatório de 8% de adição ao óleo diesel (chamado B8) vendido ao consumidor final, a partir de março deste ano. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (13), pela ANP.

No 55º Leilão de Biodiesel da ANP, 99,95% do total são de produtores detentores do selo Combustível Social. O preço médio foi de R$ 2,255 por litro, sem considerar a margem Petrobras, e o valor total negociado atingiu o patamar de R$ 1,71 bilhão, refletindo em um deságio médio de 79,8% quando comparado com o preço máximo de referência médio (R$ 2,827 por litro).

O leilão visa garantir o abastecimento de biodiesel no mercado nacional durante o período de 1º de julho a 31 de agosto de 2017. O biodiesel é obtido de fontes renováveis, de origem vegetal, como soja, algodão e mamona, ou gordura animal. Mais informações sobre o processo podem ser encontradas na página da ANP na internet (www.anp.gov.br).

Compartilhe
Previous Governo vai renegociar R$ 50 bi de dívidas com BNDES em duas etapas
Next Thammy Miranda altera RG e coloca gênero masculino

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

MPF descobre 59 telefonemas entre operadores de Cunha e Bendine

A quebra de sigilo telefônico de André Gustavo Vieira da Silva, identificado como operador do ex-presidente do Banco do Banco e da Petrobrás, Aldemir Bendine, preso na Operação Cobra  desdobramento

Notícias

Homem é morto em frente de colégio em Feira de Santana

Foi morto a tiros ontem (4), em frente ao Colégio Assis Chateaubriand, no bairro Sobradinho, em Feira de Santana, Antônio Gonçalves de Almeida, 49, após um adolescente de 16 anos

Política

João Doria teve habilitação suspensa por excesso de multas

O prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) teve a habilitação suspensa entre 13 de janeiro e 12 de março após acumular 20 pontos por várias infrações. Doria cometeu desde