Joesley Batista volta ao Brasil e diz estar à disposição da Justiça

Joesley Batista volta ao Brasil e diz estar à disposição da Justiça

O dono da JBS, Joesley Batista, divulgou nota, nesta terça-feira (13/6), afirmando que está no Brasil desde domingo (11/6). O empresário refugiou-se na China e não em Nova York (EUA) como havia sido noticiado. Após a publicação das gravações das conversas dele com o presidente da República Michel Temer, Joesley resolveu sair do país para “proteger a sua integridade” e da família.

Segundo o Estadão, Joesley estaria no Brasil para prestar depoimento no processo em que Temer é acusado de corrupção passiva e obstrução da Justiça. Na nota, ele escreveu que, após o acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, tem recebido “reiteradas ameaças”.

O texto enviado à imprensa diz ainda que a saída do delator do país foi feita com o consentimento da Justiça brasileira, visando a sua “segurança”. O comunicado também diz que Joesley Batista esteve em Brasília para reuniões nesta segunda (12/6) e, nesta terça (13), participou de encontros relacionados ao trabalho em São Paulo. Pessoas próximas ao empresário afirmam que ele cortou os cabelos para não ser reconhecido.

Veja a nota na íntegra:
O empresário Joesley Batista informa que está no Brasil desde domingo passado. Ele se ausentou do Brasil nos últimos dias para proteger a integridade de sua família, que sofreu reiteradas ameaças desde que ele se dispôs a colaborar com o Ministério Público. Joesley Batista estava na China – e não passeando na Quinta Avenida, em Nova York, ao contrário do que chegou a ser noticiado e caluniosamente dito até pelo presidente da República. Não revelou seu destino por razões de segurança. Viajou com autorização da Justiça brasileira.
O empresário esteve ontem, segunda-feira, em Brasília, em reuniões. Hoje, participou de encontros de trabalho em São Paulo. Joesley é cidadão brasileiro, mora no Brasil, paga impostos no Brasil e cria seus filhos no Brasil. Está pessoalmente à disposição do Ministério Público e da Justiça brasileiros para colaborar de forma irrestrita no combate à corrupção.
Compartilhe
Previous Coronel defende que PSD tenha candidatura própria para o governo da Bahia, em 2018
Next Eike é condenado e pagará multa de mais de R$ 21 milhões

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Senado gastará R$ 36 milhões com viagens, aluguel de carro e segurança

Enquanto o governo brasileiro anuncia medidas de contenção de despesas e a população arca com sucessivos aumentos de combustíveis e gás de cozinha – sendo obrigada a apertar o cinto

Notícias

Provas contra Temer vão de delações a dados bancários e laudos, afirma PF

No despacho no qual aborda o indiciamento do presidente Michel Temer (MDB) pela Polícia Federal (PF), o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), destaca que o relatório

Cotidiano

Aplicação do Enem terá quatro horários diferentes

O Ministério da Educação (MEC) alerta os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 que a partir do primeiro dia da aplicação das provas, 4 de novembro,