Jucuruçu: Criança morre atropelada pelo próprio pai durante manobra de ré

Jucuruçu: Criança morre atropelada pelo próprio pai durante manobra de ré

Uma criança dois anos morreu vítima de um acidente no último sábado (10), no distrito de Coqueiro, região do município de Jucuruçu, no sul da Bahia. Testemunhas relatam que a criança brincava, quando o pai realizava uma manobra de ré no veículo de passeio da família, onde a criança ficou num ponto sem visibilidade e acabou sendo atropelado. A criança teve ferimentos graves na região da cabeça e não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito no local. As autoridades foram notificadas sobre o acidente, mas os pais estão em estado de choque. De acordo com o Itamaraju Notícias, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado, mas ao chegar ao local a criança não apresentava sinais vitais. A polícia civil deverá promover o levantamento cadavérico, juntamente com o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Moradores e familiares lamentam profundamente o ocorrido.

Compartilhe
Previous Trump será processado por receber verbas do exterior em suas empresas
Next Bacelar será premiado por ações voltadas à diversidade

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Municípios

Governo apresenta projeto do hospital metropolitano em Lauro de Freitas

O projeto do Hospital Metropolitano, que será construído pelo Governo do Estado em Lauro de Freitas, foi apresentado nessa quinta-feira (09), em uma audiência pública no Cine Teatro do município.

Municípios 0 comentários

Prefeito de Jitaúna gastou quase R$ 1 milhão em combustíveis em 2015, diz relator do TCM

Gastos excessivos com locação de veículos – mais de R$ 2 milhões – e quase R$ 1 milhão na compra de combustíveis, entre outras irregularidades, levaram os conselheiros do Tribunal

Notícias

PF conclui que Renan, Jucá e Sarney não obstruíram as investigações da Lava Jato

A Polícia Federal (PF) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) relatório no qual descartou a suposta tentativa dos senadores Romero Jucá (PMDB-RR), Renan Calheiros (PMDB-AL), e do ex-senador José Sarney de