Defesa de Temer diz que Janot age com “nítido viés político”

Defesa de Temer diz que Janot age com “nítido viés político”

O criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira declarou neste sábado (3/6) que o procurador-geral da República Rodrigo Janot age movido por “nítido viés politico”. Mariz ficou indignado com afirmação do chefe do Ministério Público Federal de que o ex-deputado e ex-assessor do presidente Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, é “um verdadeiro longa manus de Temer”, ou seja, executor de crime ordenado pelo presidente.

“Dizer que o Sr. Rocha Loures é longa manus do presidente constitui mais uma assertiva do procurador-geral desprovida de qualquer apoio nos fatos e, portanto, é uma afirmação fruto do seu desejo de pura e simplesmente acusar o presidente da República dentro de um quadro meramente ficcional”, declarou Mariz.

Compartilhe
Previous PEC do fim do foro privilegiado divide deputados antes mesmo de chegar à Câmara
Next Miss cai de prédio e morre ao tentar tirar foto pela janela

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Acumulou! Ninguém acerta as seis dezenas do concurso 1955 da Mega-Sena

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 1955 da Mega-Sena sorteado neste sábado (05/08). Com isso, o prêmio estimado para o próximo sorteio é de R$ 46 milhões. As

Notícias

Fim do Estado Islâmico está próximo, diz Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste sábado que o fim do grupo extremista Estado Islâmico “está próximo”. A declaração do americano ocorre na mesmo semana em que

Política

Temer: se reforma da Previdência não for votada este ano, será no início de 2018

O presidente Michel Temer disse neste domingo (10) que a reforma da Previdência será aprovada, se não em 2017, “no início do ano que vem”. A declaração foi dada em