Secretaria de Justiça apresenta ações para Comissão de Direitos Humanos

Secretaria de Justiça apresenta ações para Comissão de Direitos Humanos

O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado, Carlos Martins, apresentou, nesta terça-feira (30), aos deputados membros da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia as ações, programas e planos de trabalho da pasta. Entre os pontos apresentados estão os de proteção, desenvolvimento social e inclusão, cidadania e promoção de direitos humanos na Bahia, que beneficiam crianças, adolescentes, idosos, dependentes químicos, indígenas, LGBT, pessoas com deficiência e em situação de rua, no campo e nas cidades. O presidente do colegiado, deputado Marcelino Galo (PT), destacou que além da SJDHDS a Comissão já conheceu os planos de trabalho da Secretaria de Segurança Pública para este ano. Para ele, o estreitamento dessa relação institucional “é importante na medida em que, além de conhecer o trabalho desenvolvido pelas secretarias, os deputados também poderão cooperar no parlamento com projetos que contribuam para a potencializar ações que garantam políticas públicas inclusivas e permanentes que assegurem os direitos fundamentais à dignidade humana”.

No encontro, o secretário Carlos Martins refletiu sobre a importância das ações e políticas públicas articuladas envolvendo os poderes municipais, estaduais e federal, além da sociedade civil organizada. “Há toda uma ação que a gente precisa trabalhar com a sociedade civil, com os deputados, para que possamos oferecer cidadania, direitos e, fundamentalmente, se preocupar com os jovens e adolescentes. Nossa visão hoje é de que ações como a da Neojiba, do Olodum, Ilê Aiyê, fazem com que a gente coloque a arte, a cultura, a dança para que os jovens tenham oportunidade e através dela possam buscar o sucesso em sua vida pessoal”, exemplificou.

As deputadas Luiza Maia e Fátima Nunes avaliaram a audiência como positiva. “Conhecemos o trabalho da SJDHDS e tivemos acesso às propostas de melhorias do governador Rui Costa para o povo baiano. Dentre as ações, destaco as atividades desenvolvidas para as crianças e jovens, bem como da construção de cisternas e agricultura familiar. Esses programas só trazem benefícios aos que mais precisam”, declarou Nunes. “Construir essa relação entre os poderes é muito importante. Tenho certeza que as ações da nossa Comissão, após conhecer toda essa estrutura de projetos e ações da SJDHDS, será ainda mais afinada com as demandas da sociedade e na indicação eficaz para resolução de problemas que acometem o povo baiano”, acrescentou a deputada Luiza Maia. Também participou da atividade o deputado Soldado Prisco (PPS).

Compartilhe
Previous Carolino pede recuperação do Campo do Marão
Next Congresso já possui assinaturas suficientes para CPI da JBS

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Em meio à crise política, governo libera R$ 3 bi do Orçamento

Em meio à crise política gerada pela delação da JBS, o governo federal liberou R$ 3,146 bilhões do Orçamento de 2017, conforme antecipou o Broadcast, serviço de notícias em tempo

Notícias

BC afirma que medida provisória não tem relação com boatos de delações

O Banco Central voltou a defender nesta segunda-feira, 12, por meio de nota, que a Medida Provisória 784 não tem relação com delações que possam surgir no âmbito da Operação

Política 0 comentários

Procuradores pedem que ministro do TCU se afaste de casos da Petrobras

A Associação Nacional do Ministério Público de Contas (AMPCON), entidade que representa procuradores das 34 cortes de contas do Brasil, pediu nesta quarta-feira, 7, que o ministro do Tribunal de