Lídice da Mata exorta Senado a buscar saídas para a crise do país

Lídice da Mata exorta Senado a buscar saídas para a crise do país

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu nesta quarta-feira (24) que o Senado se dedique a apresentar soluções para a crise política e institucional que o Brasil atravessa. Ela propôs a criação de um “comitê das diretas” para articular a aprovação de emenda constitucional que viabilize a aprovação de eleições diretas no país caso o presidente Michel Temer deixe o cargo.

— Os dirigentes políticos nacionais precisam entender que as crises exigem soluções, e que a solução só pode ser dada completamente quando ela ouve a opinião do povo. Não como está se fazendo, querendo manter-se um presidente da República que está moribundo no exercício do poder, não tem mais legitimidade nem legalidade para continuar e nem a credibilidade para se dirigir ao povo — disse.

Lídice elogiou o presidente do Senado, Eunício Oliveira, por não suspender a sessão deliberativa do dia, para que os senadores pudessem usar da palavra para comentar os protestos que aconteceram na Esplanada dos Ministérios. Ela condenou a violência da polícia e a ação de “provocadores infiltrados” que estavam na manifestação para “desestabilizá-la”.

A senadora também criticou a pauta de reformas econômicas do governo, que é reprovada por mais de 80% da população, segundo dados que citou. Lídice também disse desaprovar a condução das reformas no Congresso pela base do governo, cujo método é aplicar um “rolo compressor” sobre a oposição.

Compartilhe
Previous Senador Randolfe protocola ação no STF contra decreto presidencial
Next Temer envia carta a Rodrigo Maia e Eunício para explicar decreto

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Candidatos têm até esta sexta-feira (19) para se inscrever no Enem

Hoje (19) é o último dia de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados têm até as 23h59, no horário de Brasília, para se inscrever pela

Notícias

Injeção contra HIV pode substituir tratamento diário, diz estudo

Uma injeção mensal de antirretroviral, em vez de um comprimido por dia, pode ser suficiente para os portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) manterem a infecção sob controle. É

Notícias

Janot pede ao STF inclusão de Temer no inquérito do ‘quadrilhão’ do PMDB

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência)