Reino Unido eleva alerta contra terrorismo para “crítico”

Reino Unido eleva alerta contra terrorismo para “crítico”

Após uma reunião com seu gabinete de emergência, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, elevou de “severa” para “crítica” a ameaça terrorista contra o país, que na última segunda-feira (22/5) foi alvo de um atentado com mais de 20 mortos em Manchester.

Isso significa que a realização de novos ataques não é apenas “possível”, mas sim “iminente”, e que as Forças Armadas poderão patrulhar as ruas britânicas, principalmente “pontos sensíveis”, como o Parlamento e estações ferroviárias. Segundo May, a decisão foi motivada pela suspeita de que exista uma rede de terroristas por trás do suicida que se explodiu na Manchester Arena.

O nível de alerta no Reino Unido só esteve no estágio “crítico” em duas ocasiões: em 2006, após a revelação de um plano para explodir aviões no Oceano Atlântico, e em 2007, depois de um ataque no aeroporto de Glasgow, na Escócia.

Compartilhe
Previous Câmara registra 12 pedidos de impeachment contra Temer
Next Camaçari: Vereadores defendem volta da ronda escolar e campanhas de educação no trânsito

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Marco Aurélio diz que áudio JBS coloca os 11 ministros do STF sobre suspeita

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, reclamou do fato do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não ter identificado quais ministros da Corte poderiam ser colocados sob

Notícias

Deputados querem proibir propaganda de cerveja na TV

Preferência nacional, a cerveja pode sumir das propagandas nos canais abertos de televisão e rádio. Um projeto de lei para regulamentar a publicidade da bebida aguarda parecer na Comissão de

Notícias

Delação de Léo Pinheiro vai de palestras de Lula a doações a Instituto

Anexos da proposta de delação premiada do empreiteiro José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, da OAS, vão revelar informações sobre os pagamentos de palestras do ex-presidente Lula e doações ao