Rui Costa fala sobre novo edital para produção audiovisual baiana; assista

Rui Costa fala sobre novo edital para produção audiovisual baiana; assista

O maior edital de fomento ao setor audiovisual do país foi lançado na Bahia pelo governador Rui Costa, em cerimônia aberta ao público, nesta segunda-feira (15), no Salão de Atos da Governadoria, em Salvador. A publicação do edital é resultado da captação do montante de R$ 20 milhões – maior volume de recursos em um único edital já conseguido junto à Agência Nacional de Cinema (Ancine) – para a produção de conteúdos audiovisuais inéditos sobre a Bahia e que serão exibidos na TVE. O Governo do Estado dará contrapartida no valor de R$ 820 mil, enquanto o restante será aportado pelo Fundo Setorial do Audiovisual.
Em conversa com o Classe Política, o governador Rui Costa falou sobre a importância para a cultura baiana.
“É um momento singular na cultura baiana, que é a oportunidade que o nosso audiovisual vai ter de fazer produção própria” comemorou Rui.
ASSISTA

Compartilhe
Previous Ainda não há data para votação em plenário da reforma da Previdência, diz Maia
Next Dirigentes da Semge tiram dúvidas de vereadores sobre propostas do Executivo

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Gilmar Mendes dá 10 dias para Temer explicar decreto sobre Reserva Nacional do Cobre

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes determinou nesta quarta-feira que o presidente Michel Temer (PMDB) se explique sobre o decreto que extingue a Reserva Nacional do Cobre

Notícias

Salvador é a 7ª cidade no Brasil com melhor mobilidade e acessibilidade

Salvador saltou da 27ª, em 2016, para a 7ª posição, em 2017, no ranking das cidades com melhor mobilidade e acessibilidade no trânsito e transporte do país. O estudo, chamado

Notícias

Uma luz para Lula. Ministro Moraes defender prisão só após STJ

Considerado o voto decisivo para mudar o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento de prender condenados, o ministro Alexandre de Moraes deve defender que as prisões ocorram