Coronel recebe Lei de Diretrizes Orçamentárias 2018

Coronel recebe Lei de Diretrizes Orçamentárias 2018

O vice-governador João Leão, secretário do Planejamento do estado, esteve na tarde desta segunda-feira (15), na Assembleia Legislativa para fazer a entrega – em mãos – do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO, ao presidente Angelo Coronel, que agradeceu o gesto de civilidade política e mandou publicar imediatamente a proposição, dando início à sua tramitação.

Em visita de cortesia ao deputado Angelo Coronel no gabinete da presidência, o senador Otto Alencar (PSD), o deputado federal Paulo Magalhães (PSD), e o vereador de Salvador Paulo Magalhães Júnior (PV) assistiram a entrega do projeto. Eles depois participaram de audiência pública sobre a revitalização do rio São Francisco em reunião conjunta das comissões de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos; Agricultura e Política Rural; e Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Para o presidente da Alba a tramitação da LDO será técnica e transparente, sendo observados os interesses mais elevados da Bahia, permitindo a votação em plenário antes do início do recesso parlamentar de julho. O deputado Angelo Coronel defende o estabelecimento de uma ampla discussão sobre esse projeto que baliza a feitura do orçamento, pois ao estabelecer prioridades que atendam bem e realisticamente às necessidades da Bahia e dos baianos – garantirá, mesmo diante da crise econômica nacional, que os serviços públicos sejam mantidos e que novos investimentos aconteçam gerando emprego e renda.

A previsão das receitas para 2018 é da ordem de R$44,9 bilhões, superando 2,7% o orçamento de 2017, que foi de R$43,7 bilhões. A estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) baiano para 2018 é de 3,0%, o que supera a estimativa brasileira de 2,3%.

O destaque do crescimento do PIB estadual, de acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), fica por conta do setor agropecuário, pelo bom desempenho da safra, acarretando uma contribuição de 3%.

O secretário João Leão agradeceu o trabalho “gigantesco” da sua equipe de trabalho na elaboração da proposição, explicando que a Lei de Diretrizes Orçamentárias impõe limites e aponta as prioridades que nortearão a elaboração do orçamento do próximo exercício – ficado a proposta orçamentária com o detalhamento final, inclusive a fixação do volume de recursos a serem empregados nas diversas rubricas. Ele destacou como prioridades da LDO uma extensa agenda de investimentos em todo o território da Bahia, a ampliação da infraestrutura hídrica, a construção e reparo de rodovias, a conclusão do metrô de Salvador, do VLT do subúrbio e a ponte Salvador-Itaparica.

Compartilhe
Previous Estado lança 'campanha estadual de combate ao aedes aegypti; assista
Next Heber Santana quer geomantas sem ICMS para ampliar proteção de encostas

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Fiscais da Semop são agredidos por ambulantes na Av. Sete

Durante operação rotineira de fiscalização nesta quinta-feira (7), na Avenida Sete, fiscais da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) foram coagidos e um agredido por ambulantes irregulares. Na ação, um

Cotidiano

STF suspende efeitos de ação trabalhista de R$ 17 bi contra Petrobras

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar (decisão provisória) pedida pela Petrobras para suspender os efeitos de uma derrota judicial sofrida pela empresa no Tribunal

Cotidiano

Aposentados e pensionistas começam a receber a segunda parcela do 13º

Aposentados e pensionistas começam a receber a segunda parte do 13º salário a partir desta segunda-feira (26/11). O depósito será realizado na folha de pagamento mensal do Instituto Nacional de