Trump e Macron combinam de se encontrar em Bruxelas durante cúpula da Otan

Trump e Macron combinam de se encontrar em Bruxelas durante cúpula da Otan

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou nesta segunda-feira (8)por telefone com o presidente eleito da França, Emmanuel Macron, para felicitá-lo por sua vitória. Durante a conversa, ambos combinaram de realizar uma reunião durante a cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Bruxelas, no próximo dia 25. As informações são da agência EFE.

Trump expressou a Macron seu “desejo de trabalhar estreitamente” com ele para enfrentar “desafios compartilhados”, segundo um comunicado divulgado pela Casa Branca. Além disso, Trump enfatizou a Macron, vencedor das eleições presidenciais francesas no domingo, a “longa e robusta história de cooperação” entre os Estados Unidos e a França, “seu aliado mais antigo”.

“Estamos ansiosos para trabalhar com o novo presidente e continuar nossa estreita cooperação com o povo francês”, disse o governo Trump, em um comunicado do porta-voz da Presidência, Sean Spicer. A Casa Branca já tinha expressado, durante a semana passada, que Trump trabalharia “com o presidente que escolhessem os franceses”, independentemente dos resultados.

Compartilhe
Previous Toffoli decide ouvir PGR antes de decisão sobre pedido de soltura de empresários
Next Após nova regra do cartão, juros do rotativo caem pela metade

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Economia

Ministro diz que medidas serão enviadas ao Congresso nesta quarta

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta terça-feira (15) que o governo vai trabalhar para aprovar a mudança na meta fiscal de 2018, para um déficit de R$ 159

Notícias

PF confirma que Loures entregou mala, mas com apenas R$ 465 mil

A Polícia Federal informou nesta terça-feira (23) que a defesa do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), aliado do presidente Michel Temer (PMDB), entregou uma mala com R$ 465 mil. Segundo

Cotidiano

Moro alega “antiguidade” e não toma carro velho de Lula

O juiz federal Sérgio Moro ordenou o bloqueio de R$ 10 milhões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas deixou de fora da medida um carro do petista com