Servidores de São Francisco do Conde podem deflagrar greve nesta terça-feira

Servidores de São Francisco do Conde podem deflagrar greve nesta terça-feira

A proposta apresentada aos servidores municipais da prefeitura de São Francisco do Conte, no último dia 12, será votada, em assembleia nesta terça-feira(18), às 10 horas, na praça em frente a prefeitura da cidade.

Os servidores cobram o cumprimento do plano de cargos e salários, aprovado em outubro de 2015, na Câmara de Vereadores.

Na proposta apresentada aos servidores, o prefeito Evandro Almeida(PP), se comprometeu em enquadrar o plano de cargos e salários só à partir do mês  de novembro.

Apesar diálogo ter sido firmado no último encontro, a desconfiança ronda a cabeça dos servidores, já que o gestor municipal, em duas ocasiões, deu a palavra e voltou atrás, alegando falta de condições econômicas para cumprir a lei.

A prefeitura de São Francisco do Conde, tem a segunda renda per capita do país,  e já arrecadou até o mês de março, quase R$128 milhões.

Compartilhe
Previous Eunápolis: Homem é espancado após suspeita de abuso contra criança de 9 anos
Next Em Lisboa, Gilmar Mendes volta a diferenciar corrupção de Caixa 2

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Municípios

Câmara de Candeias aprova projeto de lei que impede apreensão de veículo com débito de IPVA

Um projeto aprovado pela Câmara de Vereadores de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), vai proibir que proprietários de carros tenha os veículos apreendidos caso atrasem o pagamento do

Notícias

Ibametro inaugura novas instalações em Simões Filho

Responsável por assegurar a confiabilidade nas medições fiscais de produtos, o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) inaugurou duas novas instalações de controle na sede de Simões Filho, na

Municípios

Feira de Santana: Prefeitura tem ponto facultativo na segunda-feira

Os orgãos públicos municipais de Feira de Satana têm ponto facultativo nesta segunda-feira, dia 30, véspera do feriado do dia 1º de maio, Dia Internacional do Trabalhador. As repartições sujeitas