José Serra recebeu propina de R$ 24,6 milhões, diz delator

José Serra recebeu propina de R$ 24,6 milhões, diz delator

O ex-superintendente da Odebrecht em São Paulo Carlos Armando Paschoal afirmou, em depoimento ao Ministério Público Federal, que a empreiteira pagou R$ 24,6 milhões em propina ao PSDB como contrapartida de um acordo no qual a gestão do então governador José Serra (2007-2010) aceitou ressarcir a construtora em R$ 191,6 milhões em processo judicial referente à construção da Rodovia Carvalho Pinto, no fim da década de 1990.

Paschoal disse que os pagamentos ilícitos foram feitos entre 2009 e 2010 a dois intermediários do hoje senador: Márcio Fortes, ex-tesoureiro do PSDB e então presidente da Emplasa, e o empresário Ronaldo Cezar Coelho. O executivo apresentou planilhas e dados sobre contas bancárias no exterior para comprovar os pagamentos.

A assessoria do tucano afirma, em nota, que a obra “foi concluída muito antes de Serra ser governador” e que ele “jamais tomou medidas que tenham beneficiado a empreiteira em nenhum dos diversos cargos que ocupou em sua longa carreira pública”. Já a Dersa afirma que “tomou conhecimento destas denúncias pela imprensa e neste momento avalia, junto aos seus advogados, os termos e as condições que o referido acordo foi celebrado, bem como medidas a serem tomadas no sentido de um ressarcimento da suposta perda”.
Compartilhe
Previous Santa Inês: Moradores reclamam da falta de médico em posto de saúde
Next É necessário mudar o sistema político eleitoral, afirma Toffoli em Lisboa

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Pré-candidato, Lula terá plano para a economia

Alvo da Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prepara uma plataforma econômica para apoiar sua pré-candidatura ao Planalto. Mesmo correndo o risco de ficar inelegível se

Notícias

‘Toma cuidado, Haddad’, diz Temer em vídeo dirigido a Fernando Haddad

.@Haddad_Fernando: fale a verdade pic.twitter.com/F3XZuYRLs5 — Michel Temer (@MichelTemer) September 6, 2018 Depois dos ataques ao ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, o presidente Michel Temer (MDB) virou a mira

Notícias

ACM Neto vistoria estrutura e convida público para o Festival Virada Salvador

Durante a vistoria final dos preparativos para o Festival Virada Salvador 2019, na tarde desta quinta-feira (27), o prefeito ACM Neto, acompanhado do presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac